Nobre declara apoio à oposição e diz: não pretende mais presidir Palmeiras
Nobre declara apoio à oposição e diz: não pretende mais presidir Palmeiras

Paulo Nobre utilizou sua conta oficial no Twitter para declarar publicamente seu apoio a Genaro Marino, atual vice-presidente e candidato da oposição à presidência do Palmeiras nas eleições do próximo dia 24. Nobre ainda avisou que não pretende retornar ao cargo.
“Caros palmeirenses, gostaria muito de agradecer todo carinho e reconhecimento que venho recebendo nos últimos dois anos, me agradecendo e pedindo minha volta, porém voltar a presidir o clube não faz mais parte dos meus planos e gostaria de contar com a compreensão de todos vocês, por favor”, publicou o ex-presidente, apoiando Genaro Marino.
Em suas declarações pelo Twitter, Paulo Nobre ainda pediu foco do time e da torcida no Campeonato Brasileiro. A seis rodadas do final da competição, o Palmeiras é o líder, com cinco pontos de vantagem para o Inter, segundo colocado, e enfrenta o Atlético-MG neste domingo, em Belo Horizonte.
Paulo Nobre apoiou a eleição de Maurício Galiotte, seu vice-presidente, no pleito de dois anos atrás, mas se afastou do atual mandatário por divergências como o apoio à candidatura de Leila Pereira, dona dos patrocinadores Crefisa e Faculdade das Américas, ao Conselho Deliberativo - Leila foi eleita e teve sua presença aprovada em votação do próprio órgão no início do ano passado.
Para ser reeleito no dia 24, o atual presidente conta com o apoio de Leila Pereira e, consequentemente, da maioria do Conselho Deliberativo. Genaro, com uma chapa baseada na gestão de Paulo Nobre, tem também apoio da ala ligada a Mustafá Contursi. Embora tenha perdido força política ultimamente, o mandatário do clube entre 1993 e 2005 segue influente. (Com Agências)
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade









 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes

'ESPELHO DA VIDA'


'O TEMPO NÃO PARA'





1