Colinha cobra informação sobre situação do imóvel ‘sinistrado’ na avenida do Estado
Colinha cobra informação sobre situação do imóvel ‘sinistrado’ na avenida do Estado

Através de requerimento, o vereador Luiz Roberley de Souza Cola (MDB), o Colinha, questiona a Prefeitura de Presidente Venceslau sobre a imóvel, na avenida do Estado, onde uma mulher morreu soterrada, em abril de 2013, após o rompimento de uma galeria.
De acordo com o vereador, o que restou do imóvel sinistrado está sendo ocupado de forma irregular por pessoas, “cujo comportamento não é condizente com o da vizinhança, causando muitos aborrecimentos”.
Nesta época de maior precipitação pluviométrica (chuvas), aumenta a preocupação dos moradores do local, diz Colinha. O vereador ressalta que as pessoas que estão utilizando irregularmente o imóvel correm risco de vida, “além de incomodar a vizinhança com atitudes ilícitas”.
Colinha cita que, em 2017, o vereador Raphael Balhestero (PPS) apresentou requerimento sobre o assunto. O documento cobrava da administração uma ação para evitar a ocorrência de novos incidentes no local. Em resposta ao vereador, a Prefeitura informou que “a casa sinistrada é objeto de ação judicial e, para movimentação de terras no local, seria necessário a demolição do móvel”, sem previsão para o início da obra. No entanto, conforme a resposta, “o local está estabilizado e é acompanhado pela equipe técnica”. “Existe monitoramento do local e as casas (sinistrada e vizinha), além do terreno ao lado, estão interditados”, respondeu a Prefeitura.
Diante disso, Colinha fez novos questionamentos à Prefeitura. O vereador quer saber quando o imóvel sinistrado será demolido. 
Colinha também quer saber se a Prefeitura tem conhecimento que está havendo ocupação ilegal no imóvel e se vai tomar providência “para evitar maiores problemas”.

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade









 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1