Padres são transferidos entre paróquias da Diocese de Presidente Prudente
Padres são transferidos entre paróquias da Diocese de Presidente Prudente

A Diocese de Presidente Prudente anunciou na última semana a lista dos padres que serão transferidos de paróquia. A mudança, conforme explicou o bispo Dom Benedito Gonçalves dos Santos, 60 anos, busca atender às necessidades dos sacerdotes em assumir uma função pastoral mais assertiva em uma nova igreja ou região pastoral, e que todas buscam o bem da pastoral e da Diocese. Ao todo, seis padres são nomeados em outras paróquias ainda neste mês.
O bispo explica que, no sacerdócio católico, quando o padre recebe o título de “pároco da igreja” ele fica em média seis anos prestando o servir, e que esta estabilidade pode ser por mais ou menos tempo. Já um padre “administrador paroquial” pode ser renovado a cada ano sem a necessidade de um tempo fixo, sempre atendendo as necessidades da igreja. Nesta ocasião, serão transferidos dois párocos da igreja e três padres administradores.
Transferência
O padre Jerônimo Gasques, da Paróquia São José, em Prudente, assumirá a Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Prudente. A posse ocorre no dia 22 de abril, às 19h30.
O sacerdote Helitom Bigas da Silva, da Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Prudente, se responsabilizará pela Paróquia São José, também em Prudente. A posse será dia 23, às 19h30.
O religioso Giovani Fernando Cardoso, da Paróquia São José, em Euclides da Cunha, comandará, a partir do dia 24, às 19h30, a Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, em Prudente.
O padre Luiz Antônio Mancini, da Paróquia Santo Antônio de Pádua, em Prudente, assume a Paróquia São José, em Euclides da Cunha, com celebração no dia 25, às 19h30.
O padre Paulo César da Costa, da Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Taciba, assumirá a Paróquia São Francisco de Assis, em Prudente, no dia 26, às 19h30.
Luiz Ignácio, padre da Paróquia São Francisco de Assis, em Prudente, assumirá a Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição, em Taciba, no dia 28, às 19h.
O servir
De acordo com o padre Helitom Bigas da Silva, 28 anos, a transferência foi uma surpresa, uma vez que estava há pouco menos de dois anos na atual paróquia, mas que “de coração aberto”, aceita a nova missão. “Sou padre da igreja e ela está onde há necessidade, ela está onde o bispo nos envia”, declara. O padre destaca que toda saída é um pouco difícil, e que todos sentem, mas com o tempo se adaptam ao chamado. 
(Com O Imparcial)

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade










 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes




Receita do dia: Bolo 4 leites



1