Técnico da seleção olímpica afirma que há pressão excessiva sobre Neymar
Técnico da seleção olímpica afirma que há pressão excessiva sobre Neymar

O técnico da seleção olímpica do Brasil, Rogério Micale, disse ontem que há uma pressão excessiva sobre Neymar, que ainda não está totalmente maduro para suportar isso. Ele ainda destacou o fato de Neymar, apesar da pouca idade, ser a principal referência técnica da Seleção e não contar com atletas experientes e consagrados a seu lado para dividir a responsabilidade.

“Estamos falando de um jovem de 24 anos, que não atingiu toda a sua maturidade. Um jogador costuma chegar ao ápice físico, técnico e mental aos 28 anos. E o Neymar tem que lidar com a pressão de ser um jogador expoente desde os 17 anos. A geração que iria dar o suporte para ele se desenvolver não se firmou. Estamos falando de gerações que dariam suporte ao Neymar, como foi feito com o Ronaldo, que foi para uma Copa apenas para assistir e depois ele veio se tornar um grande jogador mundial. Se não analisarmos friamente, não tivermos uma transição e respeitarmos nosso craques, ele não vão querer estar com a gente”, comentou, revelando até um temor de os jogadores desistirem da Seleção.

O Brasil se classificará para as quartas de final da Olimpíada se vencer a Dinamarca nesta quarta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador. Em caso de empate, a vaga na próxima fase pode ser decidida até por sorteio com o Iraque.

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade










 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes




Receita do dia: Bolo 4 leites



1