Turma de 78 do Álvaro Coelho realiza encontro memorável
Turma de 78 do Álvaro Coelho realiza encontro memorável


Num clima de muita alegria e descontração, a Turma de 1978 do Álvaro Coelho se reuniu neste sábado, 16, no sítio do Garcia, em Presidente Venceslau, no primeiro reencontro após a conclusão do Colegial (Ensino Médio).
Nancy Okada, hoje relações públicas da Unoeste, resumiu a confraternização como “um momento mágico”. “Em meio aos senhores e senhoras quase chegando aos 60, só enxerguei meninos e meninas adolescentes. Parece que o tempo não passou”, postou ela no grupo.
Reunir praticamente 53 colegas de turma, seus agregados (esposos e filhos), num época em que a maioria tem compromissos profissionais e reside a muitos quilômetros de distância de Venceslau, não é para todo dia e, por certo, ficará na memória de todos.
Além de matar saudades e colocar as conversas em dia, a turma pôde usufruir do excelente churrasco, com o devido acompanhamento, preparado por Osvaldo Negreira e equipe, os doces caseiros, as bebidas a quase zero grau, tudo com som vivo, tocado por Jamil e seu violão. 
As canções da época e o coro dos colegas em algumas delas também deram o tom da festa. 
Como em toda festa tem surpresa, a chegada inesperada de Elisa Moreira, militar e hoje morando no Rio de Janeiro, bem como a presença da multi-artista Telma da Costa, agigantou o reencontro. 
Registra-se também a vontade dos colegas de 78 de contar com a presença de professores na festa. Dois deles aceitaram o convite e lá compareceram: a professora Eunice Azenha, que lecionou História do Brasil, e a professora Beba, de Educação Física. 
Muita emocionada pela recepção, a professora Eunice fez um pronunciamento para enaltecer o momento e a experiência de ter sido professora da turma.
Ao comentar sobre o reencontro, também sob forte emoção, a professora Beba confidenciou de “nunca ter visto algo do tipo”, citando, entre outras coisas, a amizade verdadeira, o espírito gostoso da turma, principalmente a reação dos aderentes (esposas e esposos), não se importando com os abraços apertados, as brincadeiras da época.
Colegas que já se foram também foram lembrados: Paulo César Rondó Nogueira, o Dedé, Simone Villas Boas e Kaoru Yoshirara. 
Por todos os momentos vividos e vivenciados, a turma já está planejando um novo encontro. Ainda não tem data para ocorrer, mas a vontade para que aconteça ficou latente nas declarações de todos.
A turma deixou um agradecimento especial para Loanda S. Hamada e Eliane Mewes, que praticamente assumiram a organização do reencontro, e também a Claudemir Antonio Munhoz Garcia, pela grande e calorosa recepção em seu sítio.
 

Compartilhar Google+


Comentário(s)

Publicidade










 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes



Agradecimento




1