Energisa faz esclarecimento sobre corte de árvores na rede elétrica
Energisa faz esclarecimento sobre corte de árvores na rede elétrica


Em nota enviada ao Tribuna Livre, a Energisa Sul-Sudeste esclarece que faz  poda somente em árvores que estejam próximas ou em contato com a rede elétrica para evitar interrupções de energia durante temporais. “Durante as tempestades, acompanhadas de ventos, os galhos das árvores podem tocar as redes, podendo provocar um curto-circuito e até o rompimento dos fios, resultando na falta de energia”, diz a nota. 
A distribuidora reforça ainda que adota os critérios previstos na legislação ambiental pertinente, e em parceria com as secretarias de meio ambiente dos municípios, treina e orienta colaboradores próprios e terceiros para a realização da poda mais adequada.
Em Presidente Venceslau, em 2019, a empresa informa que realizou cerca 900 podas em árvores que estavam nessa situação. “A empresa realiza constantemente um mapeamento de outros pontos que necessitam dessa intervenção, e os clientes da empresa que virem uma situação de risco de árvores em contato com as redes de energia, podem acionar a empresa pelo 0800 70 10 326, facebook.com/energisa ou pelo site www.energisa.com.br”, diz a nota.
Interrupção no domingo
Na nota, a empresa lamentou pelos transtornos causados pela interrupção no fornecimento de energia que atingiu parte da Vila Carmem, em Presidente Venceslau, no último domingo (12), às 5h50. “A falta de energia foi causada pelo rompimento de um cabo de energia e também por um problema em um equipamento da rede.  A distribuidora acionou seus técnicos e efetuou os procedimentos de manutenção no local. Por conta das complexidades da ocorrência, a energia foi restabelecida para todos os clientes por volta das 14h”, encerra a nota.
NOTA DA REDAÇÃO
O esclarecimento da Energisa foi motivado após o Tribuna Livre reportar sobre o assunto em sua edição desta terça-feira, 13. No texto, o jornal informou que a Caiuá, antiga concessionária, tinha uma terceirizada que fazia o serviço de poda. Até então, o jornal desconhecia que a nova concessionária vinha prestando este tipo de atendimento. No entanto, ressalta-se que a rua Avelino de Oliveira, na Vila Carmem, não sabemos por qual motivo, não constou no trabalho de poda realizado pela concessionária, o que motivou o corte de energia por cerca de 9 hora e, por consequência, atingiu um dos transformadores do bairro, que precisou ser substituído.

Compartilhar Google+


Comentário(s)

1