Região de Presidente Prudente vai para fase laranja
Região de Presidente Prudente vai para fase laranja

A região de Presidente Prudente evoluiu para a fase laranja do Plano São Paulo, de acordo com a atualização feita na tarde desta sexta-feira (8) pelo governo do Estado.
Com isso, o funcionamento de atividades econômicas fica menos restrito e os setores considerados “não essenciais” passam a ter permissão para abrir, seguindo protocolos sanitários.
Desde a última atualização de 2020, realizada no dia 22 de dezembro, os 45 municípios vinculados ao Departamento Regional de Saúde (DRS) de Presidente Prudente estavam classificados na fase vermelha, a mais restritiva, que não permite a abertura do comércio. Era, até então, a única região do Estado de São Paulo classificada na etapa mais severa do programa do governo paulista de enfrentamento da pandemia da Covid-19.
O governo estadual também alterou as regras para funcionamento das atividades econômicas durante a fase laranja. Diferentemente de antes, agora a capacidade limitada foi de 20% para 40% de ocupação para todos os setores. Além disso, o funcionamento máximo de estabelecimentos passa a ser de oito horas por dia, e não mais quatro; há proibição de atendimento presencial em bares; assim como existe restrição de atendimento presencial até as 20h em todos os estabelecimentos.
Na fase laranja, podem funcionar os shoppings centers (com proibição de abertura das praças de alimentação), comércio de rua e serviços em geral, mas com adoção dos protocolos padrões e setoriais específicos. Por outro lado, fica proibida a abertura de bares e restaurantes para consumo local, salões de beleza e barbearias, academias de esportes em todas as modalidades e outras atividades que gerem aglomeração.
A próxima atualização vai ocorrer em um mês.



Comentário(s)

1