P‚nico dispensa diretor e Aline Riscado; elenco de novatos serŠ trocado
P‚nico dispensa diretor e Aline Riscado; elenco de novatos serŠ trocado

No ar desde 2003, o programa Pânico passará em 2017 por uma das maiores renovações de sua história. Do elenco considerado novato, só ficarão um ou dois nomes, e a modelo Aline Riscado lidera a lista de dispensas. Ontem, com o último programa de 2016, foi anunciada a saída do diretor Alan Rapp, que nos últimos 13 anos foi um dos líderes da atração. O clima nos bastidores da Band era de comoção. 

“O Pânico precisa de uma renovada, com novos quadros, novo elenco”, justifica Antônio Augusto Amaral de Carvalho Filho, o Tutinha, dono do formato e sócio da Band na produção do programa.

 O apresentador Emílio Surita está contratando um substituto para Rapp. A ideia é que a atração passe a ter dois diretores, e não apenas um. Do elenco, deverão permanecer em 2017 somente os “originais”, como Márvio Lúcio, o Carioca, Marcos Chiesa, o Bola, Rodrigo Scarpa, o Vesgo, e Daniel Zukerman. Eles já renovaram contrato.

Estão com futuro incerto no programa Mari Baianinha, Fabio Rabin, Lucas Salles, Diego Becker, Júlio Cocielo e Fernanda Lacerda, a Mendigata, entre outros profissinais. O “novato” Gui Santana deve ficar. A assessoria de Aline Riscado confirma a saída da “repórter”, que tem contrato até fevereiro. Diz, no entanto, que a iniciativa foi dela.

Segundo Tutinha, Rapp foi dispensado para dar lugar a alguém “com novas ideias”, mas continuará produzindo conteúdo para o Pânico na internet.

Desde o ano passado, o Pânico na Band tem sofrido forte concorrência do Encrenca. Durante o tempo em que concorrem diretamente, cerca de uma hora, o programa da RedeTV! leva a melhor. O Pânico tem contrato com a Band até 2019.



Coment√°rio(s)

1