Nova regra eleitoral deve impulsionar número de candidaturas em PV

 

A um ano das eleições municipais de 2020, a movimentação política em Presidente Venceslau deve ser impulsionada com as novas regras eleitorais. 
A partir do ano que vem, as mudanças na legislação devem resultar em um número maior de candidaturas. A expectativa é que a disputa majoritária para o cargo de prefeito e vice não seja polarizada, como nos últimos pleitos. Poderemos ter em Venceslau três candidatos disputando o comando do município.
Em relação a escolha da nova Câmara Municipal, ao  vetar a possibilidade de coligações proporcionais, o Congresso impediu que legendas sem nomes fortes na urna peguem “carona” em puxadores de voto de outros partidos, em prática que ficou conhecida como “efeito Tiririca” - em referência ao deputado federal do PL paulista.
Nomes
Ainda não há uma definição dos nomes que estarão na disputa neste ano em Venceslau. O que há é apenas especulação. Os nomes mais cogitados são do ex-prefeito e atual vice Osvaldo Melo, do PT, do ex-prefeito Ângelo Malacrida, hoje no PDT, além dos vereadores Raphael Balhestero (Cidadania), Tufy Nicolau (PSDB) e Lucimara Dias (PV).
Também são propalados os nomes de Álvaro Carlos da Silva, hoje no PTB e presidente do Rotary Club; do ex-vereador João Cola (PSDB) e também do ex-prefeito Ernane Erbella.
Podem aparecer nomes de candidatos que nunca disputaram uma eleição em Venceslau, entre eles, o delegado Adalberto Gonini (MDB), e do Capitão PM Reginaldo Ferraz, hoje na reserva.
 


Publicidade










 

Siga-nos

Acompanhe o Tribuna Livre nas Redes Sociais!

Notícias Recentes






1