Falta de vacinas em postos de saúde preocupa pais na região de Prudente

 

A falta de dois tipos vacinas em postos de saúde tem preocupado pais de crianças no Oeste Paulista. Pelo menos duas vacinas estão em falta.
Uma delas é a Pentavalente, que é a combinação de cinco vacinas e protege contra a difteria, tétano, coqueluche e hepatite B. As crianças devem tomar três doses, sendo aos dois, quatro e seis meses de vida. As doses estão em falta desde o mês de dezembro de 2019.
A outra vacina em falta na cidade é a DTP, que também protege contra a meningite, difteria, tétano e coqueluche. Ela está em falta nos postos desde agosto de 2019.
Além de Presidente Prudente, o problema atinge os postos de saúde de Adamantina, Dracena, Presidente Epitácio e Presidente Venceslau.
Ministério da Saúde
O Ministério da Saúde informou que mantém a distribuição das vacinas e trabalha na regularização dos estoques quando há necessidade.
O ministério ressaltou que faz o envio mensalmente aos estados, que são responsáveis pela distribuição aos municípios e que, em 2019, distribuiu mais de 670 mil doses da DTP para o Estado de São Paulo. Só em dezembro, foram enviadas mais de 219 mil doses.
Secretaria de Estado da Saúde
A Secretaria de Estado da Saúde informou que redistribui as doses à medida que os lotes chegam e que com a última remessa recebida da DTP, em dezembro, foram enviadas 4 mil doses à região.
Quanto à Pentavalente, a secretaria informou que 10 mil doses devem chegar à região até a próxima semana. (Com G1)
 


1