Santos resiste à pressão do Atlético-MG e renova com Soteldo

Soteldo vai continuar no Santos. Depois da reunião da última segunda-feira com o empresário do jogador, a diretoria do Peixe fechou nesta terça, 11, a permanência do atacante venezuelano. Ele assinou um novo contrato até dezembro de 2023.
Soteldo tinha uma proposta de R$ 51 milhões do Atlético-MG. O Huachipato, dono de 50% dos direitos econômicos do atacante, tinha interesse em negociá-lo, mas o Santos resistiu à pressão.
Na última segunda-feira, pouco antes de o Santos entrar em campo pelo Campeonato Paulista, o presidente José Carlos Peres e o departamento jurídico se reuniram com um empresário de Soteldo para discutir a situação.
Em pauta, esteve o valor que o Santos ainda precisa pagar ao Huachipato, do Chile, pela compra do atacante - e que interessa a ele. De acordo com o Alvinegro, os 3,3 milhões de dólares (cerca de R$ 13 milhões, à época) foram divididos em três parcelas (uma paga no ato e outras duas a vencer), mas os chilenos alegam que há uma dívida.
O Huachipato, portanto, ainda não repassou cerca de 350 mil dólares (algo em torno de R$ 1,5 milhão) aos quais Soteldo teria direito pela transferência, como apurado pelo GloboEsporte.com. O atacante venezuelano está decidido a permanecer na Vila Belmiro, mas pediu para seus empresários buscarem uma solução para receber o valor.


1