Quem será o novo prefeito?

Chegamos às vésperas das eleições municipais de 2020
O inusitado da ocorrência da pandemia do Coronavirus alterou todos os rumos.
O pleito municipal, que ocorrerá pelo Brasil inteiro, teve no Senado a mudança do mês de outubro para novembro (1º turno) e dezembro (para localidades com 2º turno) em sua realização.
Pelas características provocadas pela tecnologia, as eleições estão modificadas e aperfeiçoadas, tanto na procura de votos, votação e apuração das urnas.
Neste ano, o pleito será totalmente diferente.
E os candidatos, quem serão eles?
Três anunciaram que pretendem disputar e estão em campanha. Outros, são especulações.
Álvaro Carlos, do DEM, há mais de ano vem dizendo que será candidato e que conta com possíveis apoios conservadores de políticos e da sociedade. Foi presidente do Rotary Club local por duas ocasiões, e seu grande trunfo seria o apoio do ex-prefeito Ernane Erbella.
Vontade não lhe falta e tem rodado muito em busca de apoio. Tem como dificuldade as condições financeiras que envolvem uma campanha para prefeito
Quando secretário do Meio Ambiente desenvolveu um bom trabalho e deu grande ênfase ao plantio de árvores e embelezamento dos jardins públicos.
Tufi Nicolau Junior, do PSDB, partido do governador Doria, filho do ex-prefeito Tufi, tem no trabalho do pai a sua grande bandeira eleitoral. É vereador da oposição e diz ter chegado a hora de  alçar voo maior.
Tem, na juventude, um fator positivo e conta com votos dos jovens para engrossar sua campanha. Sua mãe Lucy é poderosa cabo eleitoral junto às mulheres, mercê do trabalho que fez no Bem Estar Social, quando foi primeira dama.
O mais recente anúncio de candidatura é do Oficial de Gabinete do prefeito Duran, o advogado Élcio Junior. Foi uma semi-surpresa. Presidente do PMDB local, tem sua vida política pautada em uma longa amizade com o ex-prefeito Osvaldo Melo, do PT. Conta com o apoio do prefeito e isto é fator importante, pois a máquina administrativa alavanca candidaturas. É novidade e a não ser o trabalho no gabinete, não se pode tentar nenhum juízo de valor.
Outros nomes existem, como do ex-prefeito Osvaldo Melo, Roncolato, Bárbara Vilches, Seddig, Fernando Hamada, mas oficialmente não chegaram ao nosso conhecimento que são candidatos oficiais.
O anuncio do adiamento das eleições vai jogar água na fervura e teremos mais algum tempo em que tudo pode se modificar.
Vamos aguardar com calma...
(*) O autor é jornalista, produtor rural e colaborador do Tribuna Livre


1