Justiça Eleitoral de PV, Marabá e Caiuá faz atendimento online em janeiro e fevereiro

Eleitores que buscam os serviços da Justiça Eleitoral em Presidente Venceslau, Marabá Paulista e Caiuá poderão realizar atendimento on-line, pelo Formulário Título Net, para as operações de alistamento (primeiro título), revisão (corrigir qualquer dado) e transferência de título eleitoral. Basta acessar o site do TRE e clicar em  atendimento on-line  na página principal. Em seguida, é necessário preencher o formulário e anexar as imagens dos documentos obrigatórios, como documento de identidade, comprovante de endereço e foto tipo selfie do eleitor segurando o documento de identificação. Para alistamento eleitoral de homens entre 18 a 45 anos, será necessário também um comprovante de quitação com o serviço militar obrigatório. É emitido um número de protocolo com o qual poderá ser feito o acompanhamento do pedido.
Para quitação de multa, o eleitor pode emitir a guia de recolhimento no site e realizar o pagamento no Banco do Brasil. Depois, deve aguardar a identificação do pagamento e o registro pela zona eleitoral. Caso haja urgência, o eleitor poderá enviar a guia de multa e o comprovante de pagamento ao seu cartório eleitoral, por e-mail (ze102@tre-sp.jus.br).
O eleitor também poderá emitir, pelo site, certidões de quitação eleitoral, de crimes eleitorais, negativa de alistamento e de filiação partidária.
Aplicativo e-Título
O aplicativo e-Título, da Justiça Eleitoral, que pode ser baixado gratuitamente no celular, é a versão digital do título de eleitor. Por ele é possível obter as certidões de quitação eleitoral e de crimes eleitorais, emitir guia para pagamento de multa e requerer a justificativa de ausência às urnas.
Atendimento judiciário
Na primeira instância, o interessado deve encaminhar mensagem eletrônica ao e-mail do cartório eleitoral (ze102@tre-sp.jus.br) correspondente.
Justificativa de ausência
O eleitor que não compareceu às urnas nas eleições municipais de novembro tem até esta semana para justificar a ausência. Caso o procedimento não seja realizado, será preciso pagar uma multa. Quem não regularizar a situação pode ficar sujeito a restrições.
O prazo vence nesta quinta-feira (14). A Justiça Eleitoral recomenda que a justificativa seja feita, preferencialmente, por meio do aplicativo e-Título, disponível para celulares com sistemas operacionais Android ou iOS.
O procedimento pode ser feito também pela internet, por meio do Sistema Justifica. Ou ainda de modo presencial, no Cartório Eleitoral. Em qualquer um dos casos, o eleitor precisará preencher um Requerimento de Justificativa Eleitoral (RJE), descrevendo por que não votou. A Justiça Eleitoral pede que seja anexada documentação que comprove a razão da falta.


1