top of page
Buscar

50% dos brasileiros querem que os professores saibam usar armas

Pesquisa do Instituto Ideia também revelou que população quer mais policiamento nas escolas


Metade da população prefere que educadores saibam manejar armas para proteger os alunos em casos de ataques | Foto: Freepik

Uma pesquisa do Instituto Ideia revelou que 50% dos brasileiros querem que professores, coordenadores e inspetores de escolas tenham treinamento para manejar armas em caso de ataques às instituições. A informação foi publicada pelo jornal Folha de S.Paulo na segunda-feira 19.


Conforme apurado pela pesquisa, apenas 23% dos brasileiros são contra a medida. Foram ouvidos 1.581 cidadãos brasileiros para o levantamento, por telefone, nos duas 15 e 16 de maio deste ano. Pessoas a partir de 16 anos foram ouvidas nas cinco regiões do país.


Além disso, 83% dos brasileiros são favoráveis a penas mais duras para quem cometer ataque em escola. E 69% acreditam que a redução da maioridade penal pode ajudar a diminuir os ataques. Dos entrevistados, 79% também se manifestaram favoráveis ao aumento de policiamento nas escolas.


Além de treinar professores para manejar armas, maioria da população concorda que as escolas precisam de mais policiamento


Seguranças em escola municipal de Canaã dos Carajás, no Pará | Foto: Guilherme Carolo|Seguranças em escola municipal de Canaã dos Carajás | Foto: Guilherme Carolo

O Instituto Ideia revelou os resultados da pesquisa no domingo 18, durante o Brazil Forum UK. O Brazil Forum UK é um evento de estudantes brasileiros em Oxford, no Reino Unido, e debate temas econômicos, políticos e sociais. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos porcentuais para mais ou menos.


A pesquisa também revelou que 24% dos brasileiros acreditam que trabalhadores da área da educação devem ter posse de arma facilitada. E 44% são contra e 31% se declararam indiferentes.


E 74% concordaram que escolas podem ter segurança privada para reforçar a proteção dos alunos. “O estudo sinaliza que a opinião pública brasileira ainda é muito desamparada pelo Estado no quesito segurança nas escolas”, disse Mauricio Moura, fundador do Ideia.

(Com Revista Oeste)

Comments


bottom of page