top of page
Buscar

A vida de celebridade da vaca mais cara do mundo

Na fazenda onde está, Viatina, que vale R$ 21 milhões, recebe tratamento especial, além de ter segurança 24 horas - Globo Rural

Quando teve uma cota de 33% arrematada em um leilão, Viatina (pronuncia-se Viátina) 19 FIV Mara Móveis entrou, definitivamente, para a história da pecuária de elite. Tornou-se a vaca da raça Nelore mais valorizada do mundo: R$ 21 milhões. E, para um animal tão incomum, o tratamento é mais do que especial. Na fazenda onde vive, em Uberaba (MG), ela tem vida de celebridade.

A Globo Rural passou um dia na fazenda Napemo, onde ela deve ficar até o fim do ano. A propriedade é de Ney Pereira, primeiro a investir alguns milhões para se tornar um dos três sócios. O contrato prevê um ano sob os cuidados do último dono e depois rodízio entre os criatórios.

Quem a abriga banca as despesas de manutenção, como alimentação, veterinário e segurança, mas os gastos com reprodução são rateados.

Na propriedade, Viatina é vigiada por câmeras e tem segurança armada 24 horas. Os banhos são diários, com xampu hipoalergênico adaptado para o seu pelo. Nos dias mais frios, a água é aquecida. Logo, ela terá um novo lavatório, com piso de borracha. O tratamento de estrela inclui óleo de girassol para hidratar orelhas e cornos. Viatina “faz as unhas” (casqueamento) três ou quatro vezes por ano, tem veterinário e tratador próprios, piquete individual e baia especial, cujo piso tem camadas de 80 cm de pedra brita, carvão, areia e palha de arroz para absorver urina e dar conforto.

A alimentação também é controlada. Viatina come cerca de 40 kg de ração com proteína e volumoso por dia e tem dieta balanceada feita por endocrinologista para não engordar e se manter bem ativa.

Pesa atualmente 1 tonelada, 100 kg a menos do que no ano passado. As despesas regulares com todo esse cuidado variam de R$ 5 mil a R$ 6 mil.

“Ela é muito dócil, sabe que é uma celebridade e até posa para as fotos”, diz Lorrany Martins Pereira de Moraes, veterinária que administra a Napemo com o pai, acrescentando que a estrela bovina gosta de se deitar com o corpo inteiro na porta da baia, esticando a cabeça para fora a fim de tomar sol na cara. “Ela tem a alma evoluída, reconhece as pessoas e até o caráter”, fala Cleiton Borges, veterinário de grandes animais há 20 anos que, desde o ano passado, cuida de todas as demandas de Viatina, em qualquer horário. Neste ano, a perna da vaca inchou e o veterinário foi chamado às pressas de madrugada. Diagnosticou que ela tinha sido picada por um escorpião e fez o tratamento. Na sequência, foram instaladas telas de arame fino, borracha e madeira na baia da recordista para impedir a entrada de insetos, sapos, cobras e outros animais.

A cada 40 dias, Borges coleta o sangue da vaca para exames regulares. “Ela tem uma produção de óvulos bem acima da média. Viatina sozinha é uma empresa. Por isso, a gente busca antecipar todos os tratamentos possíveis.”


O tratador favorito

Além de todos os cuidados, Viatina ganhou um presente no mês passado: a Napemo contratou o tratador Josinei Aparecido de Oliveira, o “Índio”, que a acompanha desde os oito meses e vai mudando de emprego quando ela muda de dono.

Entre outros cuidados, ele dá banho, limpa a baia diariamente, alimenta e faz carinho nas orelhas e no lombo da vaca.

“Ela é bem mimada, mas é carinhosa. Não gosta muito de comer o volumoso, que fica à disposição o dia todo, mas me cerca rapidinho quando eu chego na baia com a ração gostosa com proteína que eu sirvo duas vezes por dia.”

Durante o dia, a porta que leva ao piquete de 15 metros por 50 metros fica aberta para os passeios de Viatina. À noite, ela descansa de duas a três horas, levanta para comer e beber água, volta a dormir e repete o ciclo até a hora do banho ou até ser acordada para posar para fotos ou vídeos.

A atenção que Viatina atrai quando aparece é proporcional à preocupação com sua segurança. Neste ano, a estrela não foi levada à Expozebu, feira que é considerada a Copa do Mundo do Zebu. Lorrany justifica o cuidado: “Ela chama muito a atenção e fica agitada. Todos querem tirar foto com ela ou colocar crianças no seu lombo”.

コメント


bottom of page