top of page
Buscar

Alunos brasileiros têm vitória inédita no maior torneio de robótica do mundo

Com Só Notícia Boa

Foto: Iano Andrade/CNI


Alunos brasileiros fizeram história ao conquistar o primeiro e o segundo lugar do prêmio principal da FIRST LEGO League (FLL) do Champion’s Award, maior torneio de robótica do mundo, realizado em Houston, nos Estados Unidos.


Os times “Los Atômicos” e “Pardoboots” fazem parte da equipe do Sesi de São Paulo, e ganharam os títulos em meio a mais de 15 mil jovens de 50 países, na categoria de 9 a 16 anos – uma das mais importantes do evento.


Os jovens apresentaram um projeto inovador e inclusivo: um tabuleiro de xadrez controlado por comandos de voz, focado na acessibilidade infantil e feito com peças de lego. Demais, né?


Brasil foi destaque


O Campeonato Mundial de Robótica, organizado pela ONG “For Inspiration and Recognition of Science and Technology” (First), é uma plataforma que valoriza o esforço e a criatividade dos estudantes.


Eles estimulam a construção e operação de robôs, além do desenvolvimento de projetos de ciência e tecnologia em benefício das comunidades.


O Brasil se destacou neste cenário global ao conquistar um total de nove medalhas e mostrou todo talento dos jovens brasileiros na área da robótica e tecnologia.


Maior delegação da história


O país foi representado pela maior delegação da história: 144 estudantes de escolas públicas e privadas de 10 estados diferentes.


E além do 1º e 2º lugar no Champion’s Award da FLL e o título de melhor técnica da modalidade, as equipes paulistas levaram mais três prêmios técnicos.


A equipe de robótica da Escola Sesi de Jundiaí, conhecida como Heroes, brilhou ao conquistar o prêmio ‘Aliança’ da FLL.


Ele reconhece os times que se destacam durante as partidas da competição de robótica pela habilidade de trabalho em equipe e resolução de missões complexas.


Mais prêmios


Além dos prêmios da FLL, as equipes da indústria paulista também se destacaram na modalidade FIRST Robotics Competition (FRC), onde estudantes do ensino médio constroem e programam robôs de grande porte para competir em um jogo de arena.


A equipe JacTech, do Sesi e Senai-SP de Jacareí, conquistou o prêmio ‘Rookie All Star’, que é concedido a melhor equipe estreante da competição.


Já a equipe Octopus, do Sesi e Senai de Bauru, ficou com o título de ‘Team Spirit Award’ pelo desempenho na competição e pela forma como promoveu um ambiente colaborativo e positivo.


Veja o total de conquistas do Brasil no torneio:


  • 1º lugar “Champion´s Award”: equipe Los Atômicos, da Escola SESI de Araras (SP)

  • 2º lugar “Champion´s Award”: equipe Pardoboots, da Escola SESI de Santa Cruz do Rio Pardo (SP)

  • Prêmio “Técnico/mentor destaque”: Monica Marques, da Pardoboots

  • Prêmio “Projeto de Inovação”: SESI Heroes, da Escola SESI de Jundiaí (SP)

  • 2º lugar “Inspiração”: equipe Amigos Droids, da Escola DHEL de Belo Horizonte (MG)

  • 2º lugar “Controle”: equipe Tech Zeus, da Escola SESI de Barbacena (MG)

  • Prêmio “Rookie All-Star Award”: equipe Jactech (FRC), do SESI SENAI de Jacareí (SP)

  • Prêmio “Team spirit Award”: equipe Octopus (FRC), do SESI SENAI de Bauru (SP)

  • Prêmio “Show me Poster Award”: equipe Los Valentitos, da Escola Municipal Padre Valente Simioni, em Joinville (SC)

Comentarios


bottom of page