top of page
Buscar

Americano que viveu em 'pulmão de ferro' por sete décadas morre aos 78 anos

Com Terra

Paul Alexander, estadunidense de 78 anos que viveu dentro de um 'pulmão de ferro' por sete décadas, morreu na última segunda-feira, 11, em decorrência de uma infecção causada pelo vírus da covid-19. Segundo informações da empresa que angariava fundos para o seu tratamento, ele faleceu em Dallas, no Estado do Texas.


Paul era mundialmente conhecido por ser o homem que viveu por mais tempo em um pulmão de ferro, segundo o Guinness World Records. Ele vivia no aparelho desde 1952, após ter contraído poliomielite aos 6 anos de idade.


A doença o deixou paralisado do pescoço para baixo e o incapacitou de respirar sozinho. Devido a esses problemas de saúde, Paul passou a vida inteira dentro de um pulmão de ferro, que permitiu que ele respirasse por mais de sete décadas.


Superação


Apesar de suas limitações, aos 21 anos de idade, Paul conseguiu concluir seu ensino médio em Dallas e logo após a conclusão, foi aceito na Southern Methodist University. Devido a problemas com a administração da universidade, precisou trancar o curso e resolveu, então, ingressar na faculdade de direito na Universidade do Texas, em Austin.


Foram anos de estudos até se formar e conseguir advogar. Além de suas atividades acadêmicas, ele organizou uma manifestação pelos direitos das pessoas com deficiência e publicou seu livro de memórias, intitulado Três minutos para um cachorro: minha vida em um pulmão de ferro.


Após a conclusão do curso, Paul chegou a representar clientes no tribunal com o auxílio de uma cadeira de rodas modificada que mantinha seu corpo paralisado em pé.


O que é a poliomielite? 


A poliomielite é uma doença causada pelo poliovírus, transmitido principalmente por vias aéreas, boca e água ou alimentos contaminados, especialmente em ambientes com baixa higiene. Seus sintomas são semelhantes aos de gripe ou infecção intestinal, mas podem levar a paralisia aguda, principalmente nos membros inferiores, podendo afetar também os braços e músculos respiratórios.

Comments


bottom of page