top of page
Buscar

Bebê de 1 ano engasgado com peça plástica é salvo em SP

Com Terra

Foto: Divulgação/SSP / Estadão


Um bebê de apenas um ano de idade engasgado com uma peça plástica foi salvo com ajuda da Polícia Militar de São Paulo durante ocorrência nesta quarta-feira de feriado, 1º, em Santa Bárbara d'Oeste, no interior de São Paulo.


Conforme a Secretaria da Segurança Pública do Estado (SSP), os pais da criança ligaram para o 190. "Enquanto a equipe do Centro de Operações da PM (Copom) auxiliava o casal por telefone, uma viatura já estava a caminho da casa da família", disse a pasta.


Assim que chegaram ao local, em menos de dois minutos, os cabos Gisele Soares e Diego Ferreira, que faziam patrulhamento na região quando foram acionados, encontraram o Matheus no colo do pai.


"Imediatamente o policial pegou o menino e realizou a manobra de Heimlich (procedimento rápido de primeiros socorros utilizado em casos de engasgamento) com o apoio de sua parceira.


De acordo com a SSP, a criança expeliu a peça plástica que havia engolido e voltou a respirar. "Os pais, que, até então, estavam desesperados, agradeceram aos policiais. Na sequência, a família foi encaminhada ao pronto-socorro da região em uma viatura para verificar o estado de saúde do menino, onde foi constatado que estava tudo bem", acrescentou a pasta.


Na saída do hospital, os agentes foram até lá novamente para entregar um presente ao menino. "Os pais ficaram muito agradecidos por tudo, mas foi gratificante para nós também. Conseguimos ajudar uma criança, isso não tem preço. Com certeza foi a mais marcante da minha carreira, estou emocionada até agora", disse a cabo Gisele, que está na corporação há 10 anos.

O que fazer em caso de engasgo?

Segundo a Associação Brasileira de Otorrinolaringologia e de Cirurgia Cérvico-Facial (ABORL-CCF), a atitude mais indicada no caso de engasgo de pessoas maiores de um ano é a realização da manobra de Heimlich.


A técnica consiste em abraçar a pessoa por trás e fazer compressões com uma mão aberta sobre outra com o punho fechado na "boca" do estômago, ou seja, na região entre o umbigo e o começo das costelas.


É importante que esse movimento seja feito para trás e para cima, como se fosse para levantar a pessoa. A manobra deve ser feita cinco vezes seguidas, com repetições, se necessário.


Em pessoas obesas ou grávidas que estão no último trimestre, as compressões devem ser feitas no meio do peito, e não no abdome. Para bebês com menos de um ano, também são necessários cuidados diferentes.


Nunca coloque a mão dentro da boca da pessoa que está engasgando. O gesto pode acabar empurrando o objeto ou alimento ainda mais em direção ao pulmão.

Comentarios


bottom of page