top of page
Buscar

Boi gordo busca estabilidade, mas recuperação ainda é incerta

Arroba do boi busca estabilidade, mas recuperação ainda é incerta nos últimos meses, levantando dúvidas sobre a possibilidade de uma retomada do movimento de alta.

Conforme Fernando Iglesias, analista da Safras e Mercado, após um derretimento nos preços da arroba do boi gordo ao longo de abril e maio, o mercado parece estar desfrutando de um pouco mais de estabilidade neste início de junho. No entanto, isso não indica uma recuperação iminente dos preços.

Os frigoríficos ainda possuem escalas confortáveis e conseguem segurar as expectativas de alta nos preços.

Segundo Iglesias, para que o mercado do boi gordo retome de maneira consistente uma trajetória ascendente, será preciso aguardar os meses de junho e julho.

Exportações de carne brasileira

Além disso, o desempenho das exportações brasileiras de carne bovina também apresenta um quadro preocupante.

Embora tenha havido um aumento no volume de embarques, a receita tem registrado queda em relação ao ano anterior. Esse cenário indica que o preço médio da carne bovina no mercado internacional continua em patamares mais baixos.

Essa redução na receita exportadora impede que a indústria pague os mesmos preços pelo boi gordo que pagava no ano passado. Iglesias destaca que o mercado internacional desaquecido também dificulta a recuperação dos preços no Brasil.

Demanda e varejo

Outro fator que influencia a situação é a demanda interna. Embora esteja ocorrendo uma tímida recuperação, os valores repassados pelo varejo são mais lentos. Nesse momento, o varejo aproveita para ampliar suas margens, o que acaba não refletindo a queda no sistema produtivo.

Diante desse panorama, o mercado do boi gordo ainda enfrenta desafios para retomar sua trajetória de alta. A estabilidade recente pode ser um indício positivo, mas será necessário acompanhar de perto os próximos meses para verificar se a recuperação será consistente. (Com Canal Rural)

댓글


bottom of page