top of page
Buscar

Bolsonaro celebra vitória de Milei na Argentina; Gleisi e Boulos lamentam

Atualizado: 21 de nov. de 2023

por UOL

O candidato presidencial argentino Javier Milei, do partido Liberdade Avança

Imagem: 19.nov.2023 - Luis Robayo/Pool via REUTERS


O ex-presidente Jair Bolsonaro celebrou a vitória de Javier Milei na Argentina, com 55% dos votos. Sergio Massa, atual ministro da Economia da Argentina e candidato apoiado pelo governo, teve 44% dos votos. Já políticos brasileiros de esquerda lamentaram.


O que aconteceu


Bolsonaro, que apoiou a candidatura de Milei, disse que "a esperança volta a brilhar na Argentina". E desejou que "esses bons ventos alcancem os Estados Unidos [que terá eleições em 2024] e o Brasil".


O senador Flávio Bolsonaro (PL-RJ) parabenizou a Milei e declarou que o resultado das eleições na Argentina é uma vitória contra o comunismo na América Latina


Já a presidente do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR), disse que a vitória de Milei será um "duríssimo teste" para a democracia argentina, esclarecendo que seu partido apoiou a candidatura de Sergio Massa.


"Repetição de uma tragédia" foi a forma como o deputado Guilherme Boulos (PSOL-SP) se referiu à eleição de Milei. Boulos é considerado pré-candidato a prefeito de São Paulo.


"Repetição de uma tragédia" foi a forma como o deputado Guilherme Boulos (PSOL-SP) se referiu à eleição de Milei. Boulos é considerado pré-candidato a prefeito de São Paulo.


O senador Sergio Moro (União-PR), ministro da Justiça do governo Bolsonaro, chamou o resultado deste domingo de "grande vitória para a América Latina".


O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite (PSDB), também parabenizou Milei e desejou sucesso "ao novo governo".



Comments


bottom of page