top of page
Buscar

Ciclone extratropical mata 4 no RS; em SC, tempestade deixa 1 morto

No RS, mortes foram registradas em Mato Castelhano, Passo Fundo e Ibiraiaras. Em Roca Sales, o nível do rio aumentou tanto que o prefeito pediu que as pessoas subissem no telhado. - Com G1

Um ciclone extratropical se formou no Rio Grande do Sul na noite desta segunda-feira (4).


Os estragos da virada no tempo começaram a ser vistos ainda durante o dia em mais de 50 cidades, que registram fortes rajadas de ventos, aumento do nível dos rios, pessoas desabrigadas e quatro mortes em três cidades (Mato Castelhano, Passo Fundo Ibiraiaras), entre outros transtornos. Em Santa Catarina, um homem morreu após o carro em que ele estava ser atingido por uma árvore durante a tempestade e ventos de até 110 km/h. Outras três pessoas ficaram feridas em Balneário Camboriú e Itajaí, no Litoral Norte. De acordo com a Defesa Civil do RS, o número de desalojados na noite de segunda-feira (4) era de 215. Os desalojados são de cinco cidades, sendo que a mais afetada é Nova Bassano, com 90 desalojados. As cidades mais atingidas estão nas regiões Norte, Serra e Vale do Taquari. Mortes Em Mato Castelhano, um homem morreu após a caminhonete em que ele estava ser levada pela correnteza. Uma outra pessoa, que também estava no carro, conseguiu sair do veículo por conta própria e está segura, segundo os bombeiros. Em Passo Fundo, um homem morreu após receber uma descarga elétrica durante o temporal. Ele estava em casa e foi resgatado por familiares. A vítima chegou a ser levada para o Hospital Municipal Doutor César Santos, mas não resistiu.

Em Ibiraiaras, duas pessoas morreram ao ficarem presas dentro de um veículo. Conforme a Defesa Civil, elas tentavam atravessar um rio, e o veículo foi levado pela correnteza.

Commentaires


bottom of page