top of page
Buscar

Cingapura abre mercado para carnes processadas brasileiras

País foi o sétimo destino das exportações brasileiras no ano passado, alcançando U$ 8,3 bilhões - Com Globo Rural

Segundo ministério da agricultura, número de mercados abertos neste ano para produtos do agronegócio brasileiro chegou a 26 (Foto: Getty Images) Globo Rural

O governo de Cingapura liberou as importações de carnes bovina e suína processadas do Brasil, após negociações entre o Ministério da Agricultura e a Agência de Alimentos de Cingapura (SFA, na sigla em inglês) e ajustes no Certificado Sanitário Internacional. Agora, poderão ser exportadas as carnes bovinas e suínas processadas, não submetidas à esterilização comercial, após a habilitação do estabelecimento pela SFA. “É mais uma importante conquista para a agropecuária brasileira, pois ampliamos as nossas relações comerciais com um importante mercado e exportando produtos de maior valor agregado”, afirma o ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro, em nota. Segundo o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC), Cingapura foi o sétimo destino das exportações brasileiras no ano passado, alcançando U$ 8,3 bilhões. Os produtos cárneos representaram 7% dessas exportações, sendo o segundo principal grupo. A carne bovina foi 1% do total, a de suínos, 2%, e a de aves, 4%. O ministério destaca que o número de mercados abertos neste ano para produtos do agronegócio brasileiro chegou a 26.

Comments


bottom of page