top of page
Buscar

Conta de água ficará 6,4% mais cara, em 36 cidades da região, a partir de maio

Com O Imparcial

Aumento que incidirá sobre serviço resulta da composição de diversos fatores, como inflação acumulada


A partir do dia 10 de maio as tarifas da Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) serão reajustadas em 6,4% em todos os 36 municípios da área de abrangência da empresa no oeste paulista. O aumento foi autorizado pela Arsesp (Agência Reguladora de Serviços Públicos do Estado de São Paulo) nesta semana, como vigência para o quinto mês do ano, como ocorre anualmente, aponta a Assessoria de Imprensa da Sabesp.


O reajuste, segundo a companhia, foi tratado pela Arsesp na Deliberação nº 1.514/2024, e informado aos acionistas da Sabesp e ao mercado em geral através de um documento intitulado “Fato Relevante”.


Na deliberação, a Arsesp expõe que o reajuste total de 6,4469% que incidirá sobre as tarifas atualmente praticadas pela Sabesp resulta da composição de diversos fatores, a exemplo da inflação acumulada que completou 12 meses em fevereiro, medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), de 4,4964% ao ano; ajustes compensatórios; entre outros.


Conta mais alta


As tabelas tarifárias divulgadas pela Arsesp incluem a alíquota de 6,9030% a título dos tributos PIS/Pasep (Programa de Integração Social e o Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) e Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), informa a deliberação.


Sendo assim, os valores praticados nas contas das cidades de Adamantina, Alfredo Marcondes, Álvares Machado, Anhumas, Caiabu, Emilianópolis, Estrela do Norte, Euclides da Cunha Paulista, Flora Rica, Flórida Paulista, Inúbia Paulista, Lucélia, Marabá Paulista, Mariápolis, Mirante do Paranapanema, Narandiba, Nova Guataporanga, Osvaldo Cruz, Piquerobi, Pirapozinho, Pracinha, Presidente Bernardes, Presidente Epitácio, Presidente Prudente, Regente Feijó, Ribeirão dos Índios, Rosana, Sagres, Salmourão, Sandovalina, Santa Mercedes, Santo Anastácio, Santo Expedito, Taciba, Tarabai e Teodoro Sampaio, a partir de maio, serão:


  • Diretoria de Manutenção e Operação (GT - Interior):


  • Para o município de Presidente Prudente:

Obs.: Para as demais categorias aplicam-se as tarifas da tabela Diretoria de Manutenção e Operação (GT - Interior).


  • Para os municípios de Adamantina e Pirapozinho:

Obs.: Para as demais categorias aplicam-se as tarifas da tabela Diretoria de Manutenção e Operação (GT - Interior).

Comments


bottom of page