top of page
Buscar

Corinthians é atropelado por Bahia e fica a três pontos da zona de rebaixamento do Brasileiro

Atualizado: 27 de nov. de 2023

Com a derrota, o Corinthians segue na 12ª colocação, com 44 pontos conquistados. Já o Bahia sobe para a 15ª posição, com 41


Foto: ( Felipe Oliveira/EC Bahia) / Gazeta Esportiva


O Corinthians foi goleado pelo Bahia na noite desta sexta-feira, na Neo Química Arena, por 5 a 1. O resultado acachapante deixou o Timão apenas três pontos à frente da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.


Com a derrota, o Corinthians segue na 12ª colocação, com 44 pontos conquistados. Já o Bahia sobe para a 15ª posição, com 41 unidades, e empurra o Cruzeiro para a zona de rebaixamento momentaneamente. A Raposa tem a mesma pontuação que os nordestinos, mas um jogo a menos no torneio.


A goleada sofrida para o Bahia igualou a pior derrota do Corinthians atuando na Neo Química Arena. Em 2020, o Timão também foi goleado por 5 a 1, mas para Flamengo.


O próximo compromisso do Corinthians será contra o Vasco, na próxima terça-feira (28), às 21h30 (de Brasília), em São Januário. O Bahia, por sua vez, volta a entrar em campo diante do São Paulo, um dia depois, às 20 horas.


O jogo


O primeiro tempo ficou marcado por uma ampla superioridade do Bahia. O Esquadrão de Aço abriu o placar logo aos quatro minutos de jogo, com Rezende, aproveitando cobrança de escanteio batida por Luciano Juba. O time de Rogério Ceni ampliou aos 16 com o meia Cauly, que mesmo com pouco ângulo, acertou bonito chute com a perna esquerda.


Mano Menezes tentou deixar a equipe mais ofensiva com a entrada de Wesley na vaga de Fábio Santos, mas a mexida pouco fez efeito. O Bahia marcou seu terceiro gol com Thaciano, em cobrança de pênalti aos 29 minutos, aumentando ainda mais o clima de tensão na Neo Química Arena. O Timão só foi assustar os visitantes aos 42 minutos, em finalização de Giuliano para defesa de Marcos Felipe.


Na volta do intervalo, o Corinthians naturalmente passou a ficar mais com a bola, buscando correr atrás do prejuízo. O Timão praticamente não assustava até Renato Augusto acertar chute no ângulo de Marcos Felipe e descontar para os donos da casa. Quando o Alvinegro esboçava uma pressão maior, Ademir anotou o quarto do Bahia, em jogada de contragolpe.


Faltando cerca de cinco minutos para o final do jogo, o Bahia chegou ao quinto gol marcado, novamente com Thaciano de pênalti, e sacramentou a goleada tricolor.

bottom of page