top of page
Buscar

Corpo de alpinista que estava desaparecido é encontrado após 37 anos na Suíça

Homem tinha 38 anos quando desapareceu. Recuo de geleiras por causa das mudanças climáticas permitiu que corpo fosse encontrado. - G1

Os restos mortais de um alpinista alemão, desaparecido desde 1986, foram encontrados em um glaciar dos Alpes suíços, informou a polícia do cantão de Valais nesta quinta-feira (27).

Por causa das mudanças climáticas, o recuo dos glaciares está trazendo à tona corpos de montanhistas desaparecidos há décadas.

Em 12 de julho, alpinistas encontraram restos humanos e várias peças de equipamento no glaciar de Teódulo, no sul da Suíça.

Esses restos foram levados por serviço de medicina forense do Hospital de Valais em Sion, para que fossem analisados. "Um teste de DNA permitiu estabelecer que era o alpinista desaparecido desde setembro de 1986", indicou a polícia. O montanhista alemão tinha 38 anos naquela época.

Após o sumiço foram realizados trabalhos de busca, mas sem resultado.

Comments


bottom of page