top of page
Buscar

Correios suspendem coleta de roupas para o RS; prioridade é água e alimentos

Com G1

Foto: Reprodução


Os Correios suspenderam o recebimento de itens de vestuário como doações para o Rio Grande do Sul. A empresa está recebendo doações em todas as suas agências para as vítimas das enchentes no estado.


Após consulta à Defesa Civil no RS, os Correios pedem prioridade aos demais itens coletados:


  • Água (prioritário),

  • Alimentos da cesta básica,

  • Produtos de higiene pessoal,

  • Material de limpeza seco,

  • Ração para pet.


Além de abrirem as agências para servirem como pontos de coleta, os Correios também fazem o transporte gratuito dos donativos às zonas atingidas. Quem doa, não precisa pagar pelo envio.


Até quarta-feira, mais de 11 mil toneladas de doações já haviam sido recebidas, e 3 mil toneladas foram entregues. Os Correios pedem que o doador embale e identifique o tipo de material, apesar de não ser uma exigência para o transporte.


Veja como facilitar a triagem:


  • Cestas básicas devem ser entregues já fechadas ou com os alimentos reunidos em sacos transparentes.

  • O ideal também é que os itens de higiene pessoal sejam entregues já reunidos em kits, em sacos transparentes.

  • Separe os itens por categorias e coloque em caixas ou sacolas que podem ser fechadas/amarradas.

  • Coloque em caixas ou sacola com boa vedação, com cuidado para não haver rasgos ou furos.


Para uma melhor logística, pedem também que a população do Sudeste e do Sul priorize as doações de água potável. As demais regiões podem dar preferência aos itens secos.


Precisa-se de voluntários

Também é possível se inscrever como voluntário para ajudar na coleta e organização dos itens para doação.

"A empresa está recrutando pessoas para apoio nas cidades de Brasília (SOF Sul) e nos municípios de Cajamar e Guarulhos, na Grande São Paulo", diz a empresa.

As inscrições podem feitas:



A inscrição deve conter nome completo e telefone de contato.

Comentários


bottom of page