top of page
Buscar

“Definição clara de metas proporciona maior controle financeiro”, diz especialista

Com O Imparcial

Um incentivo à autonomia, planejamento familiar deve começar desde cedo com os filhos


Certamente, não há um momento ideal para organizar as finanças. É o que salienta a educadora financeira Aline Suniga, 31 anos, de Pirapozinho, mas que mora em Toscana, na Itália e está na região aproveitando as férias. Entretanto, segundo ela, o importante é dar o primeiro passo. E iniciar o planejamento financeiro estabelecendo metas no início do ano, que é o melhor momento para organizar as finanças e estudar o orçamento familiar. “São passos fundamentais para alcançar esses objetivos ao longo do tempo. A definição clara de metas proporciona maior controle financeiro, servindo como motivação para alcançá-las”, expõe a especialista.


Aline menciona que na hora de iniciar o planejamento é crucial ter metas financeiras claras, definindo o que se quer, qual o montante necessário, o prazo desejado e a estratégia para atingir esse objetivo. Se os recursos atuais forem insuficientes, considerar alternativas para obter uma renda extra pode ser necessário. “Em caso de dúvidas, buscar a orientação de um educador financeiro é uma excelente opção. Esse profissional analisará seu histórico financeiro e fornecerá uma estratégia personalizada para alcançar seus objetivos”, indica.


A especialista destaca que um conselho fundamental para evitar apertos financeiros que ela pode dar é que se crie e siga um orçamento. Estabelecer metas claras, controlar despesas, priorizar economias e construir uma reserva de emergência são passos essenciais. 


“Além disso, promover a comunicação aberta sobre finanças dentro da família ajuda na colaboração para tomar decisões financeiras responsáveis. Evitar dívidas desnecessárias e buscar orientação de profissionais financeiros, quando necessário, também contribui para a estabilidade financeira familiar”, acentua.


Incentive a autonomia

Em casa, os pais já podem ensinar os filhos desde pequenos a se planejarem financeiramente. De acordo com a educadora financeira, uma abordagem eficaz na educação financeira dos filhos envolve incentivar a autonomia ao invés de oferecer tudo de mão beijada.


Implementar tabelas, onde ações positivas são recompensadas com dinheiro e negativas resultam em descontos, pode ensinar responsabilidade. Ao final desse processo, os pais podem orientar os filhos na divisão do dinheiro conquistado, separando uma quantidade para realizar sonhos, outra para economizar e também ter um valor disponível para como, por exemplo, lanches. 


“Essa prática promove uma compreensão saudável sobre o valor do dinheiro e a importância de planejar financeiramente desde cedo”, frisa a profissional.


Palestra gratuita

Aproveitando as férias para repassar conhecimento, Aline ministrará gratuitamente uma palestra em Pirapozinho, no dia 12, às 20h, com o tema “Planejamento financeiro para 2024”. Será no Centro Cultural Rosa Vantini Martinez.

“Meu público-alvo são mulheres. Quem tiver interesse em saber mais sobre como fazer um planejamento pode me adicionar no Instagram @AlineSunigac”, diz a jovem, que é graduada pela Unicesumar e tem duas pós-graduações: Gestão de Qualidade e Educação Financeira.


ORGANIZE AS FINANÇAS

  • Liste tudo que realizou em 2023;

  • Liste tudo que não foi realizado em 2023 e verifique o porquê;

  • Faça uma lista dos seus objetivos para 2024 em todas as áreas da sua vida (pessoal, profissional e financeira);

  • Defina o quanto você quer ganhar em 2024;

  • Escreva quais ações você irá fazer diariamente para atingir esse objetivo;

  • Organize suas finanças e tenha seus gastos projetados por categoria.


bottom of page