top of page
Buscar

Emoção: menino autista recusado em escolas passa em 1º em colégio militar

Com Só Notícia Boa

Um menino recusado em várias escolas por ser autista foi aprovado em 1º lugar no colégio militar. O vídeo do garoto vendo o nome dele entre os aprovados viralizou.

João Davi Braúna, de 12 anos, é de Caxias, no Maranhão. O menino não conteve a emoção ao ver a aprovação no Colégio Militar Tiradentes, da Polícia Militar do estado.

Na postagem, a mãe, Camila Braúna, relembrou a resistência das escolas ao menino por causa do diagnóstico do Transtorno do Espectro Autista (TEA). “Meu filho autista passou em primeiro lugar no colégio militar! Muitas escolas recusaram ele.”


Emoção no vídeo

No vídeo, mãe e filho estão juntos, na frente do computador, olhando a lista de aprovados do concorrido concurso de ingresso do colégio militar do Maranhão.

Foi aí que veio a surpresa: o nome de João Davi no topo, em 1º lugar. O garoto começa a chorar, a mãe o abraça e os dois soltam a emoção.

João Davi dedicou a aprovação ao avô, militar, que morreu no começo do ano. A mãe Camila resumiu o sentimento dela e do filho.

“Superou barreiras. Lugar de autista é onde ele quiser”, afirmou. “Mostra para o mundo todo o brilho que você tem”, disse ela. “Não só passou, [como] brilhou foi em 1º lugar.”


João Davi vai estudar no Colégio Militar Tiradentes da Polícia Militar do Maranhão, um dos mais respeitados do estado.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page