top of page
Buscar

Esposa do piloto de submarino desaparecido é descendente de casal morto no Titanic

Segundo jornal, a esposa de Stockton Rush, CEO da OceanGate, é descendente de Isidor e Ida Straus

Wendy Rush e Stockton Rush / Isidor e Ida Straus. Foto: Divulgação/OceanGate - Reprodução/The New York Times

Wendy Rush, a esposa de Stockton Rush, CEO da OceanGate e piloto do submarino que desapareceu no fim de semana no Oceano Atlântico, é descendente de um casal morto no naufrágio do Titanic, segundo o jornal norte-americano The New York Times.


Conforme a publicação, a mulher é descendente de Isidor e Ida Straus. A morte deles é retratada no filme Titanic. No naufrágio, o homem se recusou a entrar no bote antes de todas as mulheres e crianças, e a esposa decidiu ficar com ele.


Mistério


O submarino perdeu contato com sua nave-mãe no último domingo, 18, quando desceu até os destroços do navio com cinco pessoas a bordo. As previsões indicam que o oxigênio esgotou na manhã desta quinta-feira, 22.


À medida que uma frota internacional de navios e aeronaves de monitoramento avança com os esforços de busca e resgate, cada segundo que passa torna menos provável que os passageiros do Titan sejam encontrados com vida.


Mesmo que o Titan esteja localizado no Atlântico Norte, pode ser quase impossível alcançá-lo se ele estiver preso no fundo do oceano a cerca de 3.800 metros de profundidade, próximo aos destroços do Titanic.


Além de Stockton Rush, estão no submarino o explorador e bilionário britânico Hamish Harding; Shahzada e Suleman Dawood, pai e filho de uma importante família paquistanesa; e o explorador submarino francês e especialista em Titanic Paul-Henry Nargeolet.


*Com informações do Estadão Conteúdo

コメント


bottom of page