top of page
Buscar

Estados Unidos realizam 1º pouso na Lua após mais de 50 anos da Apollo 17

Com Tech ao Minuto

Na noite desta quinta-feira (22), o módulo lunar robótico da Intuitive Machines realizou um pouso bem-sucedido na Lua, marcando o retorno dos Estados Unidos ao satélite natural da Terra após mais de 50 anos. A última alunissagem (chegada de uma espaçonave na superfície lunar) dos EUA ocorreu em 1972, com a missão Apollo 17. Naquela ocasião, a nave foi tripulada.


A sonda foi lançada em 15 de fevereiro por um foguete Falcon 9 da SpaceX, em uma missão liderada por uma empresa privada, mas com o respaldo da NASA.


Embora a confirmação do pouso tenha sido alcançada, a NASA indicou que as condições da alunissagem ainda não estavam completamente claras, devido a problemas de comunicação causados pelo fraco sinal de rádio. Momentos antes do pouso lunar, os engenheiros trabalharam na resolução de um problema de navegação, crucial para determinar a altitude e velocidade horizontal da espaçonave.


O pouso do módulo ocorreu nas proximidades do polo sul da Lua, próximo a uma cratera conhecida como Malapert A. O módulo entrou na órbita lunar no dia 21 e circulou a aproximadamente 92 km da superfície lunar. A empresa relatou sucesso na recepção de imagens e dados do voo. Em janeiro, uma missão semelhante da empresa Astrobotic falhou devido a um vazamento de combustível.


Denominada IM-1, a missão transportou um módulo de pouso com mais de quatro metros de altura, que carregava seis instrumentos para coleta de dados do ambiente lunar. Este pouso lunar representa o primeiro realizado pelos Estados Unidos desde a Apollo 17, em 1972, quando os astronautas Gene Cernan e Harrison Schmitt realizaram a última missão humana na Lua.


A Intuitive Machines, com apoio da NASA, busca preparar o terreno para o retorno de astronautas à Lua até 2026, por meio da missão Artemis 2. Antes desse retorno humano, a NASA optou por colaborar com empresas privadas para o envio de equipamentos ao satélite natural. Esta missão lunar da Intuitive Machines representa a primeira tentativa da empresa nesse campo. 

Comments


bottom of page