top of page
Buscar

Filho de Gal Costa pede à Justiça exumação do corpo da cantora e investigação da causa da morte

Com Terra

Foto: Nilton Fukuda/ Estadão / Estadão


Gabriel Costa, o filho da cantora Gal Costa, pediu à Justiça na quarta-feira, 13, para que o corpo da mãe seja exumado e levado para outro cemitério e que seja feita uma necrópsia para estabelecer a causa da morte dela de forma definitiva. As informações são do jornal Folha de S. Paulo.


Segundo petição apresentada pelas advogadas do jovem, ele solicitou que os restos mortais da cantora sejam transferidos para o cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, para que Gal seja enterrada ao lado da mãe dela, Mariah Costa Penna. Atualmente, o corpo da artista está no Cemitério da Ordem Terceira do Carmo, no bairro Consolação, em São Paulo.


De acordo com a publicação, Gal Costa tinha comprado um jazigo perpétuo para que as duas fossem enterradas lado a lado, mas a decisão de que o corpo ficasse em São Paulo foi tomada por Wilma Petrillo, viúva da cantora. Quando a artista morreu, em 2022, o filho dela era menor de idade e não pôde interferir na decisão.


O local onde Gal foi enterrada virou polêmica logo depois da morte da cantora. Na época, a decisão foi criticada por vários amigos próximos.


"Gabriel, ao completar a maioridade recentemente, questiona o desrespeito ao direito de sua mãe, por isso está buscando a devida reparação perante o Poder Judiciário, requerendo a exumação do cadáver e o traslado imediato para o Cemitério São João Batista no Rio de Janeiro", disse a advogada Luci Vieira Nunes ao jornal. 

Polêmica com a causa da morte


Gal Costa faleceu em novembro de 2022 aos 77 anos. A certidão de óbito cita duas causas presumidas: infarto agudo no miocárdio e tumor maligno de crânio e pescoço.


A informação foi divulgada meses após a morte, depois de uma matéria na revista Piauí apontar que a empresária Wilma Petrillo, viúva de Gal, é acusada de golpes financeiros, assédio moral contra ex-funcionários e ameaças. Hoje, Gabriel Costa também questiona na Justiça a fração do patrimônio de Gal reivindicada por Wilma.


Depois da matéria, a jornalista Hildegard Angel também iniciou um movimento nas redes sociais em que pedia uma autópsia no corpo da cantora. Agora, o filho de Gal pede que a causa da morte seja esclarecida.

Comments


bottom of page