top of page
Buscar

Fumaça de queimadas torna Manaus um dos piores lugares do mundo para respirar

Amazonas registrou número de queimadas acima do normal em setembro, principalmente na área chamada de 'arco do desmatamento' - Com Globo Rural

Nesta quarta-feira (11), Manaus amanheceu com uma névoa de fumaça cobrindo o céu da cidade. Segundo o World Air Quality Index, base de dados que monitora a qualidade do ar em nível global, a capital amazonense é considerada um dos piores lugares do mundo para se respirar no dia de hoje. O pico do índice de qualidade do ar (IQA) da cidade foi registrado ao meio-dia, com 485 pontos. O painel de monitoramento, atualizado em tempo real, classifica a medição em seis categorias: bom, moderado, não saudável para grupos sensíveis, pouco saudável, muito insalubre e perigosa.

Manaus está inserida na última delas, com alerta vermelho e possíveis riscos para saúde. A recomendação é “evitar esforço ao ar livre”, uma vez que todos os moradores “podem experimentar efeitos mais graves” em decorrência da baixa qualidade do ar.

No fim de setembro, um corredor de fumaça carregou o fruto das queimadas por mais de 4 mil quilômetros, desde a Amazônia até o Rio Grande do Sul. Os especialistas alertam que o Estado da região Norte registrou um número de queimadas acima do normal no último mês, principalmente em uma área chamada de “arco do desmatamento”.

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page