top of page
Buscar

Gratidão e fé

Atualizado: 28 de jun. de 2023


Caminho, ao entardecer, pelas ruas da cidade e vejo para o poente o céu de uma cor maravilhosa, misto de azul, cinza e violeta e, abismado, sinto este momento único neste meu dia! Engraçado, hoje dou enorme importância a este pequeno fato; como dou também enorme importância ao ver, na sacada do apartamento, o aparecimento daquela flor de orquídea que pacientemente esperei por semanas para vê-la surgir no inicio desta segunda feira. Fui ao cardiologista nestes dias, realizei todos os exames de rotina, e senti alegria quando o amigo facultativo me informou que tudo estava bem e minhas carótidas totalmente permeáveis e, mais uma vez, senti enorme emoção ao ver que minhas netas estão próximas de suas formaturas, uma em arquitetura no final deste ano e a outra na metade do ano que vem em medicina. Aos 74 anos de idade percebo nitidamente que meus valores mudaram: não tenho mais a ansiedade dos trinta quando imaginava ficar rico, viajar pelo mundo, morar em uma enorme mansão e ter sempre o carro do ano. Prefiro um bom livro para ler, um cantinho confortável para sentar e esticar as pernas e os poucos e bons amigos que me encantam com suas conversas, com as noticias da família e com os sonhos que ainda se fazem presentes em nossos corações; prefiro acordar bem de manhãzinha, me dirigir para o trabalho e poder receber em minhas mãos mais um bebê, uma vida que está chegando e que desejo seja duradoura e venturosa! Então, descubro aqui em meu íntimo que meu coração está abarrotado de dois sentimentos que, sinceramente, tomam conta hoje de meu dia a dia. O primeiro é o da gratidão. Nossa como sou grato pela vida que tenho! Poder após 50 anos ininterruptos de trabalho receber uma medalha e singela homenagem do Conselho Regional de Medicina junto com outros colegas que prezo e admiro, poder passar pelas calçadas e ser cumprimentado por tantas pessoas que me conhecem, sabem meu nome e tem por mim enorme respeito, me reunir com a família e perceber que todos são pessoas queridas, trabalhadoras, exemplares e dedicam a mim enorme carinho e amor, saber que tenho o aconchego do lar, o pão na mesa e principalmente a esperança no coração. Tudo isto é motivo de enorme gratidão! E eu agradeço a todos e a cada um pela minha vida e, principalmente, agradeço a Deus pela enorme dádiva que recebi e continuo recebendo em todos os momentos. E, também, agradeço pelo segundo sentimento em minha alma: a fé!! A fé na vida! A fé nos homens e a enorme e transbordante fé em Deus! Levanto pela manhã e já, em oração, converso com o Pai Celestial e ele me abençoa e coloca sua mão sobre a minha vida e sobre meu dia e, por certo, a minha luta fica mais amena e a noite quando chego em casa para o descanso sagrado agradeço a Ele por que mais um vez me abençoou e me protegeu mitigando meus sofrimentos e trazendo luz ao meu viver. Gratidão e Fé são bálsamos que embalam minha existência e orientam meu caminhar!


(*) O autor é médico e membro da Academia Venceslauense de Letras

Comments


bottom of page