top of page
Buscar

Greve paralisa atividades de Etecs e Fatecs na região de Prudente


Os funcionários das Escolas Técnicas Estaduais (Etecs) e Faculdades de Tecnologia (Fatecs) entraram em greve nesta terça-feira (8) na região de Presidente Prudente.


Somente na cidade de Presidente Prudente, onde existem duas Etecs e uma Fatec, cerca de 100 trabalhadores paralisam as atividades.


De acordo com o diretor regional do Sindicato dos Trabalhadores do Centro Paula Souza (CPS), Roberto Schiratto Junior, o reajuste salarial de 6% repassado pelo Governo do Estado de São Paulo não supre a necessidade dos funcionários, já que estão há nove anos em defasagem. Desta forma, eles reivindicam um reajuste de 53,23%.


Ainda conforme Schiratto Junior informou ao portal g1, os profissionais têm “perdas salariais acumuladas há anos, enquanto a inflação avança mês a mês” e os “salários seguem congelados e perdendo poder de compra”.


Além disso, os sindicalistas e professores reivindicam um plano de carreira para os funcionários e contratações urgentes de colaboradores e docentes para suprir as necessidades das instituições de ensino.


“Há anos estamos reivindicando a revisão da nossa carreira, que foi implantada em 2014, no entanto ainda não fomos contemplados com muitos direitos importantes conquistados na época”, reforçou Schiratto Junior ao g1.


O Centro Paula Souza alega que já realiza reuniões para discutir esse cenário. Em contrapartida, o diretor regional do Sindicato disse que eles não foram convidados para participar de todos os encontros.


Conforme o g1, a ETEC “Professor Milton Gazzetti”, em Presidente Venceslau, aderiu a paralisação. (Com g1)

Comments


bottom of page