top of page
Buscar

Idoso mata esposa em hospital por não conseguir pagar gastos médicos, nos EUA

Com O Globo

Foto: Reprodução


Um homem, de 75 anos, foi preso depois de ter sufocado a própria esposa, 72, em uma unidade de saúde em Independence, Missouri, nos Estados Unidos. À polícia, Ronnie Wiggs disse que estava deprimido e não conseguia lidar com os valores referentes às despesas médicas da mulher. Ele recebeu acusação de homicídio em segundo grau e foi encaminhado para um escritório da Defensoria Pública, com audiência de revisão de sua fiança determinada em US$ 250 mil (R$ 1,2 milhão, na cotação atual).


A esposa de Wiggs fazia tratamento de hemodiálise, nesta sexta-feira, quando o Centerpoint Medical Center acionou um código referente à parada cardiorrespiratória para o quarto dela. Uma equipe de socorro conseguiu reanimá-la, mas detectaram, no dia seguinte, que ela havia tido morte cerebral. Ronnie Wiggs teria deixado a unidade de saúde logo após o ataque, mas retornou com o filho do casal para visitá-la.


Segundo apuração da CBS News, ele confessou o crime na frente da equipe do hospital e do filho.


"Eu fiz isso, eu a matei, eu a sufoquei", teria dito Wiggs.

Ainda de acordo com a mídia americana, a mulher tinha ferimentos suspeitos na área do pescoço e apresentava ferida recente no meio da garganta. Durante o depoimento, Wiggs disse que já havia tentando matar a mulher antes quando ela estava internada em uma clínica de reabilitação, mas ela acordou e conseguiu evitar o crime.

Comments


bottom of page