top of page
Buscar

Imprensa é alicerce da democracia, afirma presidente da OAB-SP

Neste 11 de agosto, Dia do Advogado, OAB-SP lança campanha de valorização da advocacia no interior paulista - com O IMPARCIAL


Patricia Vanzolini, presidente da OAB-SP, é a 1ª mulher a ocupar esse cargo na história da entidade


Em 2021, Patricia Vanzolini foi eleita à presidência da Seccional da OAB-SP (Ordem dos Advogados do Brasil) para o triênio 2022/2024 numa condição especial: é a primeira mulher a ocupar esse cargo na história da entidade, fundada em 1932, ano, aliás, emblemático para os paulistas. E mais: a OAB-SP é a maior do país, com mais de 355 mil profissionais, 5 mil estagiários e 33 mil sociedades inscritas. A posição ocupada por Patricia é significativa à medida que as mulheres são maioria no panorama de advogados do país, porém apenas um quinto ocupa o posto de presidente de uma seccional com abrangência estadual: das 27 seccionais, apenas cinco têm a frente advogadas, enquanto que em 22 delas a vice-presidência é ocupada por uma mulher. No Brasil, o dia 11 de agosto é comemorado como o Dia do Advogado. Essa data foi escolhida em memória da criação das duas primeiras faculdades de Direito do país, no ano de 1827. Essas faculdades foram criadas simultaneamente por Dom Pedro I, então imperador do Brasil, em São Paulo, no Largo de São Francisco, e em Olinda, Pernambuco. A data é uma celebração sobre o início do ensino das disciplinas jurídicas em solo brasileiro e é uma oportunidade para homenagear os profissionais que representam o direito dos cidadãos perante a Justiça. A OAB-SP lançou neste mês de agosto campanha de valorização da advocacia e interiorização da instituição no Estado em vídeo. “Uma nova OAB”, exalta a peça ao apresentar no mapa do Estado os 935 postos de atendimento espalhados por todo o Estado, que abrigam 251 subseções e 241 pontos de certificação digital. A campanha é divulgada nas principais regiões, como ABC paulista, São Carlos, Presidente Prudente, Osasco, Mogi das Cruzes, Sorocaba e Rio Claro, entre outras. A campanha coincide com ações de valorização dos advogados do interior paulista por meio das “Casas da Advocacia”, espaços nas cidades das subseções que tem o objetivo de apoiar e atender às necessidades do cotidiano dos profissionais com computadores e câmeras para a realização de audiências virtuais, bem como salas de reuniões e de atendimento espalhadas por tribunais, fóruns e edifícios da Ordem nas cidades do Estado.


Papel da imprensa


Coloco a imprensa dentro do bojo das instituições que são alicerces da democracia. Se criou uma ideia errônea de que as mídias sociais substituiriam a imprensa. Isso é um erro. As duas coisas podem e devem coexistir. A imprensa tem todo um enfoque, uma formação, credibilidade que tem que ser valorizada. Não há democracia que ataque a imprensa, que desconsidere a imprensa. Claro que ela vai conviver com o WhatsApp, o Instagram, mas a imprensa tem um lugar central em qualquer democracia.

Comments


bottom of page