top of page
Buscar

Inverno


Neste ano o inverno chegou com tudo! Havia muitos anos que não víamos um frio assim. Recordo-me de 1996, mês de junho, final do mês, quando no casamento de meu filho tivemos uma noite de muito frio, na igreja as mulheres tremendo em seus vestidos de festa e nós, os homens, mesmo de terno, sentindo no corpo todo os rigores do inverno. Depois disto não me recordo de nenhum outro inverno tão intenso.


Há mais de sessenta anos atrás, quando eu era menino, as estações do ano eram bem divididas e delimitadas. Verão era verão com sol e muito calor, inverno era tempo frio, primavera estação das flores e outono preparando a chegada do frio. Mas isto foi há muitos anos. Nós, os humanos, fomos mudando tudo. A construção de barragens e hidrelétricas, o uso exagerado de combustíveis fósseis, o desmatamento desmesurado de nossas reservas florestais, as tentativas de nossa conquista do espaço, tudo isto contribuiu para que aos poucos a terra e seu clima fosse se modificando. Hoje temos o degelo do Ártico que faz aumentar o nível dos mares e, possivelmente, antes de terminar este século, teremos cidades a beira mar que vão desaparecer. O desmatamento abaixo da linha do equador nos traz calor e seca exagerados e a possibilidade de faltar água potável deixou de ser uma presunção e já é algo totalmente palpável. Nossas futuras gerações com certeza vão viver em um mundo totalmente diferente do que vivemos, legado terrível que estamos deixando aos nossos descendentes.


Mas vamos a este inverno que estamos vivenciando nestes dias. No sul do país neve e turistas se divertindo, em São Paulo mais de 20 óbitos de moradores de rua que faleceram, pasmem, por hipotermia e por todo o sudeste aumento dos problemas respiratórios nas crianças e nos idosos. Óbvio que existem muitos movimentos e campanhas de solidariedade para atender os mais necessitados porém precisamos sair do nosso conforto e assumir, como cidadãos, a responsabilidade que temos para com nossos semelhantes. Só assim o inverno será menos gelado e, com o calor de nossas atitudes fraternas, passará como uma estação do ano, como deve ser.


Então temos que notar que o inverno é essencial para a vida. Ele tem muito a nos ensinar. É no inverno que as sementes dormem e aguardam seu tempo de brotar e Deus prepara visivelmente o tempo das mutações nos ensinando a aceitar, a aguardar e a compartilhar nossas vidas. Inverno é o tempo do acolhimento, o tempo dos agasalhos, das sopas quentinhas, dos abraços apertados que aquecem a alma e aninham o corpo.


E em setembro, quando a primavera chegar, a vida vai explodir novamente em mil cores que se traduzem nos milhares de flores que enfeitarão nossas vidas. Inverno é espera e aceite por uma vida primaveril que preencherá nossos dias.


O livro de Gênesis nos mostra que Deus criou todas as coisas. Assim, criou as estações do ano. Por isso agradecemos ao Criador pelo inverno em nossas vidas que nos prepara para uma primavera florida e um verão cheio de luz em nossas existências.


(*) O autor é médico e membro da Academia Venceslauense de Letras

Comments


bottom of page