top of page
Buscar

iPhone agora tem recurso contra roubo. Veja como instalar e ativar

Com Só Notícia Boa

A Apple anunciou um novo recurso contra roubo para o iPhone que já está funcionando. A nova funcionalidade chamada “Proteção contra roubo de dispositivos” está  disponível na versão 17.3 do iOS, basta atualizar e depois ativar o serviço no próprio aparelho.


A nova função promete reforçar a segurança do iPhone e dificultar o acesso a informações sensíveis em caso de roubo ou furto do dispositivo, como o acesso a senhas armazenadas no aparelho e a alteração de configurações, que só poderão ser feitas por desbloqueio biométrico (facial ou de dedo).


A grande novidade da proteção contra roubo é que ela é ativada quando o iPhone está em locais desconhecidos para o proprietário, longe de casa, do trabalho ou da escola. Regiões que ele costuma ir com o aparelho.


Só abre com o rosto do proprietário


A ideia por trás dessa funcionalidade é tornar impossível a realização de mudanças de configuração sem a autenticação do rosto ou do dedo do usuário.

Isso vale, por exemplo, para usar senhas salvas no dispositivo, cadastrar um novo cartão Apple Card, desligar o Modo Perdido, apagar conteúdos e configurações, entre outros.


Atualmente, quando a autenticação biométrica falha, o iPhone pede que o usuário digite a senha numérica como segunda opção.


Como ativar o novo serviço


Primeiro o dono do iPhone deve atualizar o IOS para a versão versão 17.3.

Vá em AJUSTES > GERAL > ATUALIZAÇÃO DE SOFTWARE.


Depois de baixada a atualização é preciso ativar a “Proteção contra roubo de dispositivos”.


Ai os passos são:


Clique em “AJUSTES” > “FACE ID E CÓGIDO”> Digite o CÓDIGO DE DESBLOQUEIO DO IPHONE >ROLE A TELA ATÉ O FINAL . Clique em “PROTEÇÃO DE DISPOSITIVO ROUBADO >. Clique na opção “ATIVAR PROTEÇÃO”.


Pronto, seu smartphone já estará com o novo serviço de proteção ativado.


Sem códigos numéricos


Com a novidade, mesmo se o ladrão tiver a senha em mãos, ou obrigar o proprietário a passar os números, algumas informações sensíveis do usuário ficarão protegidas e o aparelho vai parar de funcionar quando for levado para um destino desconhecido.


“À medida que as ameaças aos dispositivos dos usuários continuam a evoluir, trabalhamos incansavelmente para desenvolver novas proteções poderosas para nossos usuários e seus dados”, disse a big tech.


Mais proteção


A Apple também criou uma segunda camada de segurança para operações ainda mais importantes.


Isso inclui algumas funções como mudar a senha do Apple ID; configurações de segurança, adicionar ou remover o Face ID ou Touch ID, desligar o aplicativo Buscar.


Para realizar alterações nesse grupo, o usuário precisará passar pela autenticação biométrica e esperar uma hora até conseguir concluir a mudança desejada.

Comments


bottom of page