top of page
Buscar

Justiça suspende show de Wesley Safadão no MA devido a cachê de R$ 700 mil

Atualizado: 6 de out. de 2023

Com Uol

O TJ-MA (Tribunal de Justiça do Maranhão) suspendeu o show do cantor Wesley Safadão, 35, que seria realizado hoje (5), na cidade de Zé Doca (MA).


A apresentação custaria R$ 700 mil aos cofres públicos. Splash entrou em contato com a assessoria do artista, que respondeu não ter informações sobre a suspensão e que, por isso, não vai se pronunciar no momento.


A decisão pela suspensão é do desembargador Cleones Cunha, que acatou o recurso do MP-MA (Ministério Público do Maranhão) e cassou a primeira decisão do juiz Marcelo Moraes Rêgo de Sousa, que havia mantido a realização do show.


O MP entrou com uma ação pedindo o cancelamento da apresentação, que aconteceria em comemoração ao aniversário de 36 anos da cidade, por considerar o valor do cachê exorbitante.


O desembargador entendeu que "faltava razoabilidade na seleção das prioridades para utilização das verbas públicas". "Sobretudo ante a situação atual do Município de Zé Doca, que teve paralisadas as atividades de seus órgãos, inclusive das unidades básicas de saúde, em razão da redução dos valores do Fundo Municipal de Participação (FPM), [...], aliado ao fato de ser conhecimento público que os municípios do interior do Maranhão carecem de recursos para o atendimento de serviços essenciais a sua população."


O magistrado apontou que a prefeitura da cidade não apresentou se os recursos que custeariam o show são de receitas vindas de ações de recuperação fiscal, cuja utilização, dispensaria processo licitatório.


O desembargador determinou a imediata suspensão do show, e que o município de Zé Doca "se abstenha de efetuar quaisquer pagamentos/transferências financeiras decorrentes da contratação do artista" sob pena de multa de R$ 70 mil, a ser paga pela prefeita Josinha Cunha (PL).

Comments


bottom of page