top of page
Buscar

Lutador de MMA fica com pulmão manchado e remove parte do órgão por uso de vape

Atualizado: 16 de ago. de 2023

Sean Tobin usou cigarros eletrônicos ao longo de cinco anos e sofreu um colapso pulmonar - R7

O aspirante a lutador de MMA Sean Tobin, de 20 anos, teve que retirar parte de seu pulmão, após ter o órgão "manchado" pelo uso de cigarros eletrônicos durante cinco anos.


De acordo com o New York Post, Tobin teria começado a fumar em 2018, quando ainda era adolescente. Ele declarou que não soltava o dispositivo, fumando desde a manhã até a noite, e que nunca achou que o hábito pudesse prejudicar seu desempenho esportivo.


Em julho deste ano, Tobin sentiu uma dor aguda nas costas em seu caminho para o trabalho. Com a piora ao longo do dia, ele decidiu buscar atendimento médico, por acreditar se tratar de uma pneumonia, e foi submetido a um exame de raio-X.


“O radiologista leu meu relatório e me disse que eu tinha um colapso pulmonar”, alegou. Após os resultados, ele foi transferido para outro hospital, onde foi confirmado que os danos se deram pelo tabagismo eletrônico.

Sean Tobin precisou de um cateter para retirar o ar que comprimia pulmão e tórax


Internado, os médicos fizeram um pequeno corte entre as costelas e colocaram um cateter para tirar o ar que comprimia o pulmão e o tórax. Após dois dias da incisão, os médicos notaram que o corte não fechava, e decidiram que a cirurgia seria a melhor opção.


Antes do procedimento, os médicos inseriram uma câmera no pulmão do lutador e obtiveram as imagens das manchas no órgão, que se referiam a depósitos de carbono.


“Foi uma coisa assustadora de ver. Quando vi, fiquei muito chateado comigo mesmo. Fiquei muito triste e pensei: M****, fiz isso com meu próprio pulmão", lamentou.


Dadas as consequências, os cirurgiões tiveram que retirar uma pequena parte do órgão e o colaram à parede do peito para evitar outro colapso.


Tobin recebeu alta hospitalar após sete dias e está em recuperação antes de voltar à dieta normal. “Sou lutador de MMA e fiquei com muito medo de não conseguir mais treinar para isso. Meu trabalho também exige muito fisicamente, então também não posso trabalhar. Eu só tenho que ficar parado."


O lutador parou o uso de cigarros eletrônicos, e, apesar de os médicos falarem que é possível uma recuperação total, Tobin teme os efeitos a longo prazo.

Comments


bottom of page