top of page
Buscar

Mãe é presa por suspeita de esquartejar filha de 8 anos e esconder corpo em geladeira em SP

Mulher confessou o crime, de acordo com a polícia. Corpo da criança foi encontrado por testemunhas na casa da suspeita. - Terra

Foto: Rede Record


Uma mulher de 31 anos foi presa neste sábado, 26, na Zona Leste de São Paulo após o corpo esquartejado de sua filha de 8 anos ter sido encontrado por vizinhos dentro da geladeira de sua residência. As informações são do portal Metrópoles.


De acordo com o boletim de ocorrência, os moradores do bairro Aracati, na Zona Sul, contaram que estavam auxiliando a mulher na mudança ocorrida na última semana e desconfiaram do peso da geladeira.


Brigada Militar auxiliam mãe em parto na madrugada em Santa Maria

A sogra da mulher foi até a nova residência durante o fim de semana e, ao abrir a geladeira, encontrou o corpo da vítima.  Ela contou à polícia que suspeitava de armas ou drogas escondidas no eletrodoméstico e, por isso, decidiu abri-la.


A mãe, Ruth Floriano, havia ido a outro bairro para conversar com um ex-companheiro dela, mas foi localizada pelas autoridades policiais. Quando os agentes chegaram ao local, ela negou o crime antes mesmo de ser questionada sobre a criança, porém, posteriormente, admitiu ter cometido o assassinato.


Em interrogatório na delegacia pela Polícia Civil, ela contou que, entre os dias 8 e 9 de agosto, teria usado drogas e “decidiu matar a filha por não aceitar a separação com o pai dela”. Ela responderá por ocultação de cadáver e homicídio contra menor de 14 anos.


A investigação ficará a cargo do 47º Distrito Policial (DP) de Capão Redondo. A mulher será submetida a uma audiência de custódia, na qual a Justiça determinará se ela deve permanecer presa ou ser liberada para responder pelos crimes.

コメント


bottom of page