top of page
Buscar

Mãe emite ordem de despejo contra filhos de 40 anos que ainda moravam na casa dela

Atualizado: 28 de out. de 2023

por Diário do Brasil

Uma mulher de 75 anos da cidade de Pavia, na Itália, processou os próprios filhos para que eles se mudassem da casa dela por meio de uma ordem de despejo.


Os réus possuíam 40 e 42 anos, já tinham emprego e mesmo assim se recusavam a sair da residência da mãe deles. A idosa também ficou enfurecida porque nenhum deles arcava com um custo sequer das contas do imóvel. Quase 70% das pessoas entre 18 e 34 anos ainda moram com os pais na Itália, de acordo com dados de 2022. As informações são do The Guardian.

O que aconteceu:

  • Quando o processo teve início, a juíza Simona Caterbi se compadeceu com a idosa e emitiu uma nota de despejo contra os homens;

  • Na decisão, a autoridade afirmou que apesar dos pais terem a obrigação de prover condições adequadas aos filhos, isso não se tornava mais uma justificativa válida, partindo do ponto de que ambos já estavam na faixa dos 40 anos;

  • Foi dado aos réus o prazo de deixarem o local até o dia 18 de dezembro;

Apesar da Itália possuir uma cultura de que as gerações familiares permanecem na mesma residência, o número de jovens adultos que vivem com os pais tem aumentado nos últimos anos.


Acredita-se que as condições econômicas do país e a dificuldade de arranjar um emprego estável sejam responsáveis por essa estatística.


O termo bamboccioni (grandes bebês) foi cunhado em 2007 por um político italiano, que buscava justamente descrever os adultos que vivem com os pais por conveniência. Apesar de ordens de despejo serem raras neste caso, não é a primeira vez que acontece um ocorrido como este.


Em 2020, a corte italiana recusou os apelos de um homem de 35 anos que argumentou que o ganho mensal de 20 mil euros (cerca de R$ 104,6 mil) não era o suficiente para sobreviver sozinho e que ele necessitava de ajuda dos pais.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page