top of page
Buscar

Mãe que teve bebê com DIU engravida após laqueadura

Com Crescer

Engravidar usando algum tipo de contraceptivo é algo raro. Imagine, então, engravidar duas vezes, e com métodos diferentes? Foi o que aconteceu com a mineira Brenda Nathielle (@be_nathielle), 29 anos, e o marido, Lucas Lopes, de Nova Serrana. O casal já tinha Arthur, 7 anos, e Beatriz, 4, quando decidiu pelo uso de um dispositivo intrauterino (DIU). No entanto, cinco meses depois, um atraso menstrual ascendeu um alerta: "Decidi fazer um teste e... positivo", conta. "O susto foi enorme", completou.


Cecília, 1 ano e 11 meses, nasceu saudável. No entanto, no parto da caçula, a mãe resolveu, então, pela laqueadura. "Achei que seria muito seguro. A médica que fez meu parto e a laqueadura, tem quinze anos de experiência, é bem renomada na cidade e nunca havia acontecido uma falha em uma laqueadura feita por ela", conta. "Os pedaços das trompas retiradas foram enviadas para laboratório, para comprovar que realmente se tratavam das minhas trompas", completou.


Mas, novamente, um novo atraso menstrual seguido de enjoos, chamou atenção. "Pensei que poderia ser algum mal-estar até que sonhei que estava grávida (risos). Foi, então, que decidi fazer o teste de gravidez e deu positivo", disse. "Foi o maior susto da minha vida — maior até do que quando engravidei com DIU, pois jamais imaginei que poderia acontecer duas vezes com a mesma pessoa. No caso, eu! Fiquei três dias chorando sem conseguir comer, muito assustada. Não era tristeza, sabe? Mas realmente me pegou muito de surpresa. Até hoje, não consigo dormir direito", admite.


Brenda conta que o marido ficou tão assustado quanto ela com a notícia. "Ficou sem apetite, em silêncio por uns dias. Mas, agora, me acolheu e está me dando muito suporte, psicologicamente falando, que é o principal", afirmou. Passado o susto, a família está se acostumando com a notícia da chegada de mais um bebê.


"Hoje, estamos mais tranquilos e até fazendo planos com essa nova vida que vem por aí. Estou entrando na sétima semana", completou. "Sei da taxa de falha, sei que nenhum método é 100% eficaz, mas já havia passado por esse susto com o DIU, então, não imaginava que passaria novamente. Um raio cai duas vezes no mesmo lugar, sim", finalizou.





Comments


bottom of page