top of page
Buscar

Médico de PV passa orientações para dias com temperatura elevada

Com Assessoria

Presidente Venceslau registrou, nos últimos dias, temperaturas elevadas e sensação térmica acima dos 40º C. Para minimizar os impactos do calor intenso, a Secretaria Municipal de Saúde, por meio do Dr. Anderson Carlos Zacarias, divulgou recomendações e hábitos que devem ser adotados com o objetivo de minimizar danos à saúde.


Zacarias é médico clínico geral e atende no Posto de Saúde Central de Presidente Venceslau. Segundo ele, o principal risco que o munícipe corre diante do clima adverso é a desidratação. “Muitas vezes temos o péssimo hábito de tomar água apenas quando sentimos sede e isso é errado, porque quando você sente sede já é sinal que você está desidratado”, ressaltou.


O profissional recomenda o uso de garrafas de água para manter a hidratação ao longo do dia. Segundo ele, a ingesta adequada em um dia com temperatura normal é de dois litros em média, quantidade que pode variar. “Pra esse calor, a ingesta tem que ser aumentada para 2,5 ou 3 litros, dependendo da pessoa”, comentou.


A alimentação adequada também entra na lista de recomendações do profissional. De acordo com Anderson, é importante evitar o consumo de gorduras em excesso, dando preferência para frutas que possuem bastante água e saladas. “É importante evitar comidas muito salgadas e alimentos pesados em geral”, reforçou.


Pelo fato de se desidratarem com mais facilidade, é necessário ter atenção redobrada com crianças e idosos, de modo a evitar problemas de saúde como a queda de pressão, tontura ou desmaio.


Para melhorar a umidade do ar, o médico recomenda o uso de umidificadores em ambientes fechados, como residências e prédios comerciais. "O ambiente úmido vai favorecer uma respiração melhor", pontuou.


Aos munícipes que precisam trabalhar em áreas externas, expostos aos raios solares, o uso de filtro solar é indispensável. O uso de bonés, chapéus ou peças de roupa que evitem o contato entre a luz do sol e a pele também é sugerido.


Os passeios ou a prática de exercícios físicos não são encorajados durante o pico de calor, entre o final da manhã e o começo da tarde. A recomendação é para que façam atividades em horários de menor calor, durante as primeiras horas da manhã, final da tarde e noite.


Caso o munícipe tenha algum problema ocasionado em decorrência do calor, a recomendação do Dr. Anderson é para que procurem a unidade de Estratégia Saúde da Família (ESF) do seu bairro ou o Posto de Saúde para atendimento. Em caso de aumento da gravidade do quadro, o paciente será encaminhado ao Pronto-Socorro.

Comments


bottom of page