top of page
Buscar

Morre Luiz Antônio Piá, diretor de "Chiquititas" e "Carrossel"

Diretor marcou a televisão brasileira com suas passagens por canais como SBT, Band, Record e Globo - Com Terra

Foto: Instagram/Luiz Antônio Piá / Pipoca Moderna


Luiz Antônio Piá morreu na manhã de terça-feira, 12 aos 81 anos. O diretor marcou a televisão brasileira com suas passagens por canais como SBT, Band, Record e Globo. Ele fez mais de 40 produções nos postos de diretor, ator e roteirista.


A informação do falecimento foi dada pelas redes sociais do Museu da TV, mas segue sem causa confirmada. No entanto, Piá havia fraturado o fêmur recentemente e vinha se queixando de fortes dores na perna nos últimos meses, conforme publicado pela família.


O velório de Pia será nesta quarta-feira, 13, a partir das 10h, ao lado do Cemitério Municipal de Santana de Parnaíba, no interior de São Paulo.


Carreira de Piá

Luiz Antônio Piá fez sua estreia como diretor da TV Globo no extinto seriado "Plantão de Polícia", entre 1979 e 1981. Nos anos seguintes, ele repetiu a função nas minisséries "Lampião e Maria Bonita" (1982) e "Bandidos da Falange" (1983), além das novelas "Eu Prometo" (1983) e "Partido Alto" (1984). O diretor também trabalhou na Record TV, onde ele foi o responsável por "Estrela de Fogo" (1998).


Em 2004, Piá entrou na equipe de direção do SBT e ficou responsável pelo remake de "Esmeralda" (2004), porém saiu da emissora para uma curta temporada na Band, onde ele dirigiu as novelas "Dance, Dance, Dance" (2007) e "Água na Boca" (2008). Seus últimos trabalhos foram "Carrossel", "Chiquititas" e "Cúmplices de um Resgate" (2015), na emissora de Silvio Santos.

Mas o currículo de Piá não se resume às telinhas. Ele ainda foi cineasta durante a década de 1970, quando ficou responsável por "As Massagistas Profissionais" (1976), "O Varão de Ipanema" (1976) e "O Homem de Seis Milhões de Cruzeiros contra as Panteras" (1978).

bottom of page