top of page
Buscar

Mulher é encontrada caída e com ferimentos às margens da Rodovia Assis Chateaubriand

Atualizado: 11 de jul. de 2023


Após 60 horas de desaparecimento, uma mulher, de 30 anos, foi encontrada caída e com ferimentos em um matagal às margens da Rodovia Assis Chateaubriand (SP-425), em Presidente Prudente, na tarde desta segunda-feira (10).


A Polícia Civil suspeita de que ela tenha sido vítima de um acidente de trânsito e perdido o controle da motocicleta que conduzia, na madrugada do último sábado (8), quando trafegava pela rodovia, no sentido Pirapozinho (SP) – Presidente Prudente.


Após o resgate, a vítima, que apresentava lesões pelo corpo e estava desidratada, foi levada pelo Corpo de Bombeiros ao Hospital Regional (HR), em Presidente Prudente, para receber cuidados médicos.


A Polícia Científica foi acionada e realizou a perícia no local, que fica próximo ao Aeroporto Estadual de Presidente Prudente.


O delegado Rafael Guerreiro Galvão informou ao g1 que a vítima, que trabalha como conselheira tutelar em Pirapozinho, foi encontrada com o uso do Helicóptero Águia, da Polícia Militar, e de drones que detectam calor.


"Rastreamos, inicialmente, pela Polícia Civil, a última zona que dava o celular dela e, com base nisso, o [Helicóptero] Águia, da Polícia Militar, veio e complementou as buscas. Foi encontrada sem conseguir falar, mas consciente. Fizemos algumas perguntas e ela mexia os dedos da mão e da perna, 'falando' que estava consciente. [Ela está com] algumas fraturas, foi um verdadeiro milagre. Está bem desidratada, formigas morderam [a vítima], mas é uma pessoa que vai sobreviver e, provavelmente, sem sequelas", disse.


Ainda conforme Galvão, o acidente ocorreu pois, “provavelmente, ela perdeu o controle” da moto que conduzia.


Desaparecimento após festa


Uma amiga registrou, às 8h55 desta segunda-feira, um Boletim de Ocorrência na Delegacia da Polícia Civil, em Pirapozinho, relatando o desaparecimento da vítima.


Segundo o boletim, a conselheira tutelar estava em uma festa em uma casa, em Pirapozinho, onde havia ingerido bebida alcoólica e a família não queria que ela saísse dirigindo durante a madrugada do último sábado.


Mesmo assim, ela pegou os seus pertences e saiu da confraternização, por volta das 3h20, no sentido de Presidente Prudente, onde tem um apartamento.


A mulher desapareceu neste percurso e, desde então, amigos e familiares não conseguiram mais fazer contato com ela. (Com g1)


bottom of page