top of page
Buscar

Mulher confessa ter matado amante para evitar que caso fosse divulgado ao marido

Atualizado: 18 de set. de 2023

Corpo de Valdomiro Pereira foi encontrado no distrito de Casa Verde, em Nova Andradina - por CENÁRIO MS


Valdomiro foi encontrado morto em assentamento - Foto: Reprodução/Redes Sociais


Valdomiro Pereira, de 54 anos, conhecido como "Mirim", foi encontrado morto na tarde da última terça-feira (12) dentro de sua residência no Assentamento Teijin, localizado no distrito de Nova Casa Verde.

A suspeita de matar Valdomiro, com três tiros no Assentamento Teijin, situado no distrito de Casa Verde, em Nova Andradina, disse ter cometido o crime após a vítima, supostamente, ameaçar revelar a traição ao marido da mulher. Ela, Bruna Daniela de Oliveira, foi ouvida nesta quinta-feira (14).

Em seu depoimento, a mulher de 31 anos disse ter ficado revoltada com a suposta ameaça da vítima e, por isso, buscou a ajuda do comparsa, de 22 anos, identificado por Alex. Ambos os suspeitos confessaram o assassinato e também admitiram ter manipulado as câmeras de segurança da casa de Valdomiro.

Conforme a Polícia Civil, a equipe de investigação descobriu que uma grande quantia dinheiro havia sido retirada da conta bancária de Valdomiro um dia após o crime. Conforme noticiado, os suspeitos foram capturados durante diligências realizadas na noite de quarta-feira (13). A mulher foi localizada em Taquarussu e o comparsa em Nova Andradina.

Após as prisões, ambos foram levados para a 1ª Delegacia de Polícia de Nova Andradina, que investiga o caso. A audiência de custódia está prevista para a manhã desta sexta-feira (15).

O caso De acordo com informações da ocorrência, vizinhos que residem em um lote próximo da casa que a vítima vivia decidiram ir até a casa de Valdomiro buscar algumas telhas emprestadas. Ao entrarem na residência, encontraram o corpo no chão, na tarde de terça-feira.

A Polícia Civil foi acionada e enviou uma equipe de peritos ao local. A perícia constatou que o corpo de Valdomiro Pereira apresentava três perfurações provocadas por disparos de arma de fogo na região do tórax e as câmeras de segurança instaladas na residência haviam sido arrancadas.

Comments


bottom of page