top of page
Buscar

Naiara Azevedo comprova agressões e ex-marido é indiciado pela Polícia de Goiás

Com Quem

Naiara Azevedo e o ex Raphael Cabral — Foto: Reprodução/Instagram


Naiara Azevedo teve uma vitória na batalha que trava na Justiça contra seu ex-marido, Raphael Cabral, acusado de violência física e patrimonial. Vídeos, fotos, depoimentos de testemunhas e um exame de corpo de delito comprovaram que a cantora foi vítima do ex, que foi indiciado pelos crimes de lesão corporal e violência psicológica contra a artista, de acordo com informações do colunista Gabriel Perline.


Procurada por Quem nesta segunda-feira (4), a Gerência de Comunicação da Polícia Civil de Goiás (PCGO) confirmou que o empresário foi indiciado.


Lesões corporais

Em documento exclusivo obtido pelo colunista Gabriel Perline, a delegada Caroline Matos Barreto, da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM), determinou que todo o material apresentado como provas por Naiara foi suficiente para entender que ela foi vítima de vários crimes praticados por seu ex-marido. O despacho foi protocolado em 22 de fevereiro.


"Consta nos autos que Raphael Alves Cabral teria, no dia 7 de julho de 2023, injuriado, ameaçado e agredido fisicamente sua esposa Naiara de Fátima Azevedo. A materialidade e autoria dos crimes foram comprovadas por declarações (a qual se atribui especial relevância), bem como por laudo pericial de corpo de delito, 'lesões corporais' indireto e depoimentos de testemunhas indiretas do fato. Isto posto, promovo o indiciamento de Raphael Alves Cabral pelos delitos previstos nos artigos 147 e 129, do Código Penal Brasileiro, e artigo 5, inciso III, da lei 11.340/06", despachou.


Segundo o colunista, no entendimento da Polícia Civil, as práticas dos crimes estão comprovadas. Os depoimentos das testemunhas que conviveram com o ex-casal foram essenciais para o indiciamento de Raphael, assim como o vídeo gravado por Naiara em que ele aparece dando um golpe em sua mão enquanto usava o telefone celular. Mas a delegada fez questão de ressaltar que as palavras da vítima foram de suma importância para o caso.


Naiara também apresentou fotos e vídeos de uma possível perseguição e ameaças de Raphael após ela trazer seu caso à tona, em 3 de dezembro do ano passado, em entrevista ao Fantástico. Depois da entrevista ao programa da Globo, a cantora precisou deixar sua casa escoltada após o sistema de segurança identificar que dois homens estavam perseguindo seus passos e cercando a propriedade com um carro.


Ao identificar a placa do automóvel foi descoberto que ele pertence a Maria José Alves Cabral, sua ex-sogra, mãe de Raphael. Sentindo-se ameaçada, ela deixou o local e passou alguns dias hospedada em um hotel.


Com o entendimento da Polícia Civil de Goiás de que Raphael praticou diversos crimes contra Naiara Azevedo, agora o caso passa para as mãos do Ministério Público, que irá reavaliá-lo.


Comments


bottom of page