top of page
Buscar

O que é pneumonite, que levou à morte de Abílio Diniz, e no que difere da pneumonia?

Com Terra

O empresário Abílio Diniz morreu neste domingo (18) de insuficiência respiratória, causada por pneumonite. O fundador do Grupo Pão de Açúcar estava internado no Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, tratando do quadro clínico. 


A pneumonite acontece quando há uma inflamação ao redor dos alvéolos, que são pequenos sacos de ar, e dos bronquíolos, ou as vias que levam aos alvéolos. Michelle Andreata, médica e pneumologista da Saúde no Lar, explica ao Terra que a pneumonite é caracterizada por "uma inflamação ou uma reação alérgica no pulmão devido ao contato com substâncias irritantes ou químicas, como óleo, aspiração de alimentos por engasgo, inalação de gases tóxicos, poeira ou partículas alergênicas, como pelo de animais, penas ou fezes de pássaros, não sendo causada por uma infecção". 


A condição que levou ao óbito do fundador do Grupo Pão de Açúcar é diferente de uma pneumonia. "A diferença principal entre pneumonia e pneumonite, é que a pneumonia é uma infecção no pulmão geralmente causada por vírus, bactérias, fungos, ou seja, agentes biológicos˜, diz a médica. 


Sintomas parecidos entre pneumonite e pneumonia

Os sintomas das doenças são semelhantes e devem ser analisados por um especialista, que pode identificar as especificidades. No caso da pneumonite, os principais sintomas são tosse, falta de ar, perda de peso sem causa aparente, dificuldade para respirar, aumento da frequência respiratória, cansaço excessivo, e perda do apetite.


Enquanto isso, uma pessoa com pneumonia pode apresentar sintomas como tosse, febre, falta de ar e desconforto no peito. Em casos de pneumonia por aspiração, a febre pode não aparecer inicialmente, e a tosse pode ser com muco espesso ou com coloração alterada. 


Existem diferentes métodos usados para identificar o diagnóstico exato do paciente. Os médicos avaliam fatores como histórico de saúde e devem realizar exames físicos e de imagem, como raio-X de tórax e tomografia computadorizada, além de exames laboratoriais que avaliam a função pulmonar. Outros exames como broncoscopia e a biópsia pulmonar também podem ser utilizados para esclarecimento do diagnóstico. 


Quando a pneumonite pode ser mortal?

A pneumonite pode levar um paciente a óbito em situações específicas, por exemplo quando atinge os dois pulmões e causa uma falência respiratória. Segundo a médica, a evolução da doença para condições mais graves, como a fibrose pulmonar, que limita significativamente a função pulmonar, podem contribuir para a morte. "Os riscos aumentam com a gravidade da inflamação e a presença de condições pré-existentes ou complicações associadas", diz. 


O empresário estava em Aspen, nos Estados Unidos, quando sua condição se agravou e ele precisou viajar de volta ao Brasil às pressas em um avião adaptado com UTI. De acordo com a médica consultada pelo Terra, viajar de avião com pneumonite, especialmente em um estado debilitado, pode ser arriscado, ainda mais em voos longos, mesmo com estrutura de UTI a bordo.


Para a pneumologista, uma avaliação personalizada e minuciosa deve ser conduzida, para determinar se o paciente está apto a voar.

Comentarios


bottom of page