top of page
Buscar

Obediência

Atualizado: 22 de jun. de 2023



“Então a nuvem cobriu a tenda da congregação, e a glória do Senhor encheu o tabernáculo”

Êxodo 40:34


Provavelmente, você já tenha ouvido falar, ou mesmo já tenha lido na Bíblia, textos que trazem toda a história da construção do tabernáculo.


Mas, antes de falar sobre ele, gostaria de relembrar lugares e maneiras que Deus usou para se relacionar conosco.


Tudo começou no Éden, lugar que o Senhor fez e colocou o homem e a mulher para viverem e desfrutarem de tudo o que havia sido criado. Sempre, ao final da tarde, Deus caminhava pelo jardim e conversava com o homem, estabelecendo um relacionamento.


Depois, veio o tabernáculo, lugar onde Deus habitava entre o seu povo e podia ser desmontado e montado novamente em outro lugar, de acordo com o avanço do povo pelo caminho.


Após esse período, veio o templo. Agora, já não mais “nômade” mas, sim, fixo, era o local onde Deus habitava entre seu povo.


Chegando em Jesus, com sua primeira vinda, execução do ministério, morte e ressurreição, os discípulos passariam a ter que viver sem a sua presença, pois Ele seria elevado aos céus. Para isso, foi enviado o Espírito Santo, para que Deus vivesse NÃO MAIS ENTRE NÓS mas, sim, EM NÓS.


Diante desse simples e pequeno panorama, é possível observar que em todos os momentos da história, o Senhor se preocupou em manter um meio para que nós pudéssemos nos relacionar com ele. Isso é incrível!


Porém, em se tratando do tabernáculo, devemos lembrar que sua construção foi feita pelo povo de Israel no tempo em que estavam no deserto. Após Deus ter passado a Moisés todos os detalhes da construção, objetos que deveria conter, cores de tecidos e medidas exatas, estava na hora do povo fazer apenas uma coisa: OBEDECER.


A obediência foi primordial para que o tabernáculo ficasse pronto de acordo com todos os detalhes que o Senhor passou. Por vezes, até achamos um pouco exaustivo ler este livro pelo fato de conter centenas de detalhes, afinal, a nossa geração é marcada pelo imediatismo, enquanto o nosso Deus é um Deus detalhista!


Um ponto extremamente importante é que a Presença do Senhor, só encheu o tabernáculo após ele ser construído exatamente conforme Deus orientou e ter todos os objetos que Ele ordenou.


Muito provavelmente, se não tivessem obedecido, não teriam presenciado a Presença de Deus enchendo o local.


E é exatamente isso que quero enfatizar: a obediência em cumprir tudo o que o Senhor ordenou para que o seu Espírito se mova em nosso tempo.


É impossível Deus derramar do Seu Espírito sem que haja obediência da nossa parte, afinal, onde não há obediência, há rebeldia. E onde há rebeldia, Deus não habita e nem se move.


Precisamos entender que o Senhor deseja derramar do Seu Espírito em nossas vidas; quer encher a “tenda” com a Sua Glória!


Porém, se esse for o nosso desejo, devemos fazer duas coisas: 1- Como já falamos, obedecer. O primeiro e maior mandamento é: “ame o seu Deus de toda a tua alma e de todo teu entendimento”;

2- Dar espaço e liberdade para que o Espírito Santo se mova.

Portanto, se você deseja ardentemente ser cheio do Espírito Santo e ser guiado pelo Senhor, é preciso dar lugar à obediência, pois só assim Deus se moverá e fará da nossa geração uma geração que impacta todos os lugares por onde passa por ser transbordante do Seu Espírito.


Você tem obedecido a voz de Deus?


Ore comigo: “Senhor Jesus, eu te agradeço por me libertar e salvar, por me alcançar com a Tua Graça, bondade e misericórdia. Pai, quero ser um filho que lhe dê prazer, para o qual o Senhor olhe e sorria como resposta ao meu modo de viver.

Ajuda-me a dar espaço e atenção ao Teu Espírito para que Ele faça o que desejar!

Perdoe-me por errar tantas vezes e tropeçar pelo caminho, a tua mão é que me sustenta. Por isso, peço que ajude-me a tornar-me uma pessoa obediente, que ouça a Tua voz e não perca de presenciar as maravilhas do Senhor.

Obrigada por tudo, paizinho.

Em nome de Jesus, amém!

Comentários


bottom of page